Abrigo em Fortaleza (CE) nega denúncia de abandono e maus-tratos de animais

Abrigo em Fortaleza (CE) nega denúncia de abandono e maus-tratos de animais

Os administradores do Abrigo Arca de Noé, localizado no bairro da Paupina, na Grande Messejana, em Fortaleza, negaram as denúncias que surgiram nas redes sociais de abandono e maus-tratos dos animais que se encontram no local.

De acordo com os responsáveis do abrigo, essas denúncias são falsas e partiram de duas voluntárias que trabalhavam no local. Segundo eles, as voluntárias teriam ficado com raiva porque não foram autorizadas a ficarem responsáveis pelo abrigo e a partir daí elas teriam passado a forjar essas denúncias.

Eles informaram ainda que a polícia já foi comunicada sobre o fato e que estão investigando essas denúncias.

Os administradores disseram ainda que o abrigo não está mais fazendo o resgate de animais. Hoje no local eles tomam de conta de 15 cães e que o local já abrigou mais de 60 animais. Os outros animais eles deram exatamente para as duas voluntárias que fizeram a denúncia e abriram um novo abrigo para animais.

Sobre a viagem que eles teriam feito e usado o dinheiro de doações do abrigo, eles também negam e afirmam que o dinheiro gasto pelo casal na viagem foi o dinheiro particular de um dos administrados e que não teria usado o dinheiro arrecadado de doações para o local.

Fonte: Cnews

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.