Alguém jogou um gatinho minúsculo e doente em uma rodovia, mas então, algo aconteceu

Alguém jogou um gatinho minúsculo e doente em uma rodovia, mas então, algo aconteceu

Sheila Green estava no lugar certo na hora certa quando ela avistou um pequeno gatinho ao lado da pista de alta velocidade em uma rodovia. Ela também sabia para quem pedir ajuda: Hope For Paws!

Com a orientação de Sheila, Eldad e Lorta chegaram ao local depois de 45 minutos. Eldad decidiu que seria melhor estacionar na rampa de saída ao invés do acostamento, e eles andaram o resto do caminho, e até mesmo pararam o trânsito para pegar com rapidez o gatinho no outro lado. Foi uma situação perigosa, mas quem melhor para fazer isso do que a incrível equipe da Hope For Paws?

Depois do atendimento veterinário necessário, mimos e abraços, o gatinho, que Loreta chamou de Napoleão, se sentia forte o suficiente para brincar. Tão lindo!

A questão que todos querem saber em primeiro lugar é quem, em sã consciência, jogaria um gatinho inocente na beirada da rodovia? Por certo não tem como um gatinho minúsculo e doente ter conseguido atravessar seis faixas de trânsito que ia a 110 km/h! Se não fosse por Sheila e a equipe de resgate, as coisas poderiam ter acabado muito diferentes para Napoleão.

Você também pode ajudar animais inocentes ao fazer uma doação. Clique aqui para continuar a ver resgates inspiradores da Hope For Paws.

Por Nadine Rich  / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: One Green Planet 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.