Antas resgatadas em Mato Grosso são levadas para Santuário de Elefantes

191

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) encaminhou nesta terça-feira (21.11) duas antas fêmeas, um filhote de quatro meses e outra juvenil para o Santuário de Elefantes, localizado em Chapada dos Guimarães. No novo lar, os animais passarão por um processo de reabilitação para ter sua aclimatação no habitat natural avaliada.

Conforme a coordenadora de Fauna e Recursos Pesqueiros da Sema, Danny Moraes, a filhote precisa aprender de forma gradativa a conviver na natureza. Ela explica que esse acompanhamento será feito porque a soltura não pode ocorrer de maneira abrupta, pois sem um preparo a anta pode se tornar presa fácil para outros animais. “Nós priorizamos a soltura no bioma original do animal”.

As antas recuperadas pertencem a espécie brasileira Tapirus terrestris, e foram resgatadas sem nenhum ferimento pelo Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA), no mês de setembro em uma área urbana do município de Querência (945 km de Cuiabá), e outra em Chapada dos Guimarães. Outras três antas já passaram por este mesmo procedimento no Santuário, uma delas já está em vida livre, as outras estão ainda em processo de acompanhamento.

Criar animal silvestre é crime

A Lei Nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, estabelece pena de seis meses de detenção e multa para quem manter em casa animais silvestres sem a devida autorização/licença do órgão competente. A sanção vale também para quem matar, caçar, vender ou transportar estes animais. “Nossa equipe e os parceiros que fiscalizam e trabalham no resgate à fauna no Estado estão empenhados em combater os crimes contra os animais”, pontua Danny.

Denúncias ou informações

A Sema orienta que quem presenciar atropelamentos ou outras situações como de abandono, por exemplo, tenha cuidado. Alguns animais silvestres oferecem riscos, especialmente quando machucados. Para outras informações ou mesmo em caso de resgate, a Sema orienta ligar para o número 190, da Polícia Militar. Em caso de dúvida, entre em contato com a Coordenadoria de Fauna: (65) 3613-7291/ faunaepesca@sema.mt.gov.br.

(com supervisão de Rose Domingues)

Fonte: Cenário MT

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.