Após anunciar fim das atividades, ONG faz feira de adoção e 14 animais conseguem novos tutores

Oito animais ainda estão disponíveis para adoção. Por falta de recursos, ONG decidiu fechar as portas em Cruzeiro do Sul.

559
Oito animais ainda aguardam novos donos para que não voltem para as ruas (Foto: Divulgação/Ong Amor Vira-lata)
Oito animais ainda aguardam novos donos para que não voltem para as ruas (Foto: Divulgação/Ong Amor Vira-lata)

Há quatro dias, a ONG que resgata animais de rua, Amor-Virala, anunciou que fecharia as portas por falta de recursos para continuar o trabalho de recolhimento desses animais abandonados.

Desde então, na página oficial da ONG iniciou-se uma campanha para que a adoção dos 22 cachorros que ainda estavam abrigados no local.

A médica veterinária responsável pela ONG, Mayara Lima, chegou a afirmar que os animais retornariam para as ruas, porém, uma feira de adoção mudou essa realidade. Dos 22 animais, 14 foram adotados e apenas oito esperam um novo lar. A feira se estende até sábado (14).

“A campanha tem sido sucesso. Nossa situação melhorou muito essa semana. Temos agora oito animais. A maioria deles com deficiência. Temos um cego, um com a pata dianteira direita amputada. A maioria é com pequenas amputações que não comprometem a locomoção dos animais”, relata.

Confiante, a veterinária acredita que a ONG vai conseguir encerrar as atividades definitivamente sem precisar colocar nenhum animal na rua novamente.

“Vamos divulgar a campanha até sábado [14] para conseguir um lar para todos os nossos animais e vamos encerrar nossas atividades sem soltar nenhum animal nas ruas”.

A ONG existe desde 2013. Neste período, abrigou cerca de 300 animais que foram destinados à adoção. Em janeiro deste ano alguns dos mantenedores mudaram da cidade e, desde então, a ONG vem passando por dificuldade para arcar com as despesas com medicamentos, ração, aluguel e funcionário – um custo que chega a R$ 5 mil por mês.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.