Governador divulgou nota dizendo que pediu uma análise de especialistas sobre a melhor forma de realizar a transferência da ursa. (Foto: Assis Fernandes / O DIA)

Após campanha nas redes sociais, governador do PI divulga nota sobre ursa Marsha

O governador Wellington Dias (PT) usou sua conta no Instagram para divulgar uma nota de esclarecimento em que afirma que seu governo tem acompanhado a situação da ursa-parda Marsha, que tem pouco mais de 25 anos, e vive há oito no Parque Zoobotânico de Teresina.

Nos últimos dias, a campanha que pede a transferência da ursa para um santuário de animais ganhou força, inclusive tendo a adesão das atrizes Heloisa Périssé e Glória Pires.

Hashtags como #marshalivre e #ursamarsha foram compartilhadas centenas de vezes, em postagens feitas por pessoas que apoiam a causa.

Na nota, o chefe do Executivo estadual reconhece que os ursos-pardos são biologicamente adaptados a habitats com temperaturas bem menores que as de Teresina, e afirma que foram feitas adequações no zoológico para que Marsha viva com mais conforto.

O governador lembra que há uma decisão judicial determinando a permanência da ursa no zoológico, em razão da sua idade avançada, mas afirma que vai “acompanhar de perto a situação atual da Marsha, juntamente com a vice-governadora, Margarete Coelho”.

“Foram realizados investimentos na estrutura do Zoobotânico para receber a ursa, cujo habitat natural é muito diferente do nosso. Agradeço a equipe da Secretaria de Meio Ambiente, que não mediu esforços para cuidar de Marsha”, diz um trecho da nota divulgada pelo governador em seu perfil no Instagram.

Ursa Marsha foi levada para o Parque Zoobotânico de Teresina após ser resgatada de um circo, no qual era submetida a condições degradantes. (Foto: Divulgação)

Wellington afirma, ainda, que solicitou uma avaliação de especialistas sobre o melhor a ser feito no momento. “Quero entender como será a maneira mais segura de movê-la para algum santuário, visto que ela viveu por toda a vida em cativeiro. Vamos encontrar a melhor solução para a Ursa Marsha. Agradecidos, estamos sensíveis às manifestações de vocês e certamente chegaremos a um consenso com a máxima brevidade possível”, acrescenta a nota.

Wellington decidiu apresentar seu posicionamento via rede social depois de ter recebido várias cobranças de pessoas que pedem a transferência da ursa para um santuário de animais, onde ela poderá viver com mais conforto.

Entidades que atuam na defesa dos animais argumentam que o clima de Teresina é muito quente para a ursa, cuja espécie é encontrada predominantemente em regiões do planeta com clima bem mais ameno. Além disso, as organizações empenhadas nesta causa denunciam que no Zoobotânico a ursa é alimentada até com ração para cachorro, o que seria completamente inadequado.

Entidade comemora – Por meio do perfil no Instagram criado para a campanha (@ursamarsha), a Confederação Brasileira de Proteção Animal comemorou a abertura de um canal diálogo, feita pelo Governo do Piauí, com vistas a encontrar uma solução para o problema.

Atrizes gravaram vídeos com apelo por transferência de ursa

Em vídeo postado no seu perfil no Instagram, a atriz Glória Pires se dirige a Ziza Carvalho, ex-secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, e sugere que ele “dê exemplo”, determinando a transferência da ursa para um santuário.

Para cumprir o prazo de desincompatibilização determinado pela Justiça Eleitoral, Ziza deixou o comando da Semar no início de abril, mas indicou seu substituto – Robério Aslay de Araújo Barros.

“Secretário, eu tô mandando essa mensagem, porque tá chegando o dia do Meio Ambiente, e o senhor ficaria tão bem na foto, se finalizasse a doação da ursa Marsha. Isso ia ficar, realmente, marcado positivamente na história desse estado tão lindo, que tem esse povo tão acolhedor. Eu duvido que as pessoas que frequentam o zoológico daí fiquem felizes vendo a depressão, a tristeza, a degradação que essa bichinha tá passando. Aproveita a semana do Meio Ambiente e dá esse presente pra nós. Estamos precisando tanto de bons exemplos”, afirma Glória.

A atriz Heloisa Périssé também aderiu à campanha pela transferência da ursa Marsha. “Gente, será que é tão difícil entender o que a ursa Marsha passa no Piauí? Então eu sugiro aos responsáveis que coloquem um casaco de pele, assim como ela usa naturalmente, e passem umas horas dentro da jaula dela. Você vai entender”, disparou a atriz.

Decisão judicial de desembargador derrubou liminar de juiz que determinou transferência

Em novembro do ano passado, um juiz federal  juiz Frederico Botelho de Barros Viana determinou a transferência da ursa Marsha para o santuário Associação Mata Ciliar, em Jundiaí (SP).

A liminar foi concedida numa ação popular movida pela piauiense Carolina Mourão Albuquerque, presidente da Confederação Brasileira de Proteção Animal.

No mesmo mês, porém, uma decisão do desembargador Jirair Aram Meguerian, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, derrubou a liminar que determinava a transferência.

Na decisão, o desembargador ponderou que a longa distância entre as cidades de Teresina e Jundiaí colocaria a saúde da ursa em risco, caso ela fosse submetida à viagem via terrestre, cujo percurso ultrapassa os 2.600 km.

“Considerando que a decisão agravada determina a imediata transferência da ursa parda Marsha para o Santuário Associação Mata Ciliar, bem como o risco ao qual ao animal será submetido em razão da viagem decorrente da medida liminar concedida em favor da autora, máxime em razão da distância entre as cidades de Teresina e Jundiaí, suspendo o cumprimento da decisão em questão, até ulterior deliberação sobre o pedido de antecipação dos efeitos da tutela recursal”, ponderou o desembargador.

Petição por Marsha já tem cerca de 240 mil assinaturas

Quando o caso da ursa Marsha ganhou repercussão nacional, há cerca de sete meses, foi lançada uma petição online no site Avaaz pedindo a transferência da ursa.

“Pedimos que autorizem a transferência da Ursa Marsha para um local adequado, para que ela pare de sofrer com o calor, e onde possa ser alimentada com dignidade!”, diz a petição online, que até este sábado já havia recebido aproximadamente 240 mil assinaturas.

Leia a íntegra da nota divulgada pelo governador Wellington Dias:

“Tenho recebido muitas mensagens nas redes sociais sobre a situação da Ursa Marsha, que atualmente mora no Zoobotânico de Teresina. Ela viveu durante muitos anos em um circo. Quando o mesmo se apresentou no Piauí, foi verificado por nossa equipe técnica que ali ela não recebia os cuidados adequados. Assim, aceitamos a tarefa de cuidar dela enquanto encontramos um lugar bem melhor. Foram realizados investimentos na estrutura do Zoobotânico para receber a ursa, cujo habitat natural é muito diferente do nosso. Agradeço a equipe da Secretaria de Meio Ambiente, que não mediu esforços para cuidar de Marsha. Ela permanece morando no local porque foi decidido pelo Poder Judiciário, há alguns meses, que ela deveria ficar onde está, sendo cuidada pelos funcionários locais em razão de sua idade avançada. Vou acompanhar de perto a situação atual da Marsha, juntamente com a vice-governadora, Margarete Coelho. Já solicitamos, inclusive, a avaliação de especialistas para saber como proceder no momento. Quero entender como será a maneira mais segura de movê-la para algum santuário, visto que ela viveu por toda a vida em cativeiro. Vamos encontrar a melhor solução para a Ursa Marsha. Agradecidos, estamos sensíveis às manifestações de vocês e certamente chegaremos a um consenso com a máxima brevidade possível. Um forte abraço.”

Por Cícero Portela

Fonte: Portal o Dia 

LEIA MAIS

Internautas voltam a fazer apelo por transferência da ursa Marsha para santuário em SP

Atores podem ir a Teresina (PI) para denunciar maus-tratos a ursa Marsha

Juiz cassa liminar e mantém ursa Marsha no Parque Zoobotânico, em Teresina, PI

Juiz determina transferência da ursa Marsha de Teresina para São Paulo

PI: Secretário aceita transferir ursa e polêmica deve chegar ao fim

Justiça suspende transferência de ursa do Zoobotânico de Teresina (PI) para santuário

Ativistas lançam petiçao pedem que a ursa seja removida do zoológico e encaminhada para um santuário de ursos

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.