Após denúncia, sogra e nora são presas com drogas, tartarugas e material de pesca ilegal em Rondônia

Após denúncia, sogra e nora são presas com drogas, tartarugas e material de pesca ilegal em Rondônia

Uma mulher de 54 anos e a nora dela, 23 anos, foram presas no início da noite de quinta-feira (4), por policiais militares do Batalhão Ambiental, após serem denunciadas pelo crime de tráfico de drogas e por manterem animais silvestres em cativeiro em uma residência localizada na estrada do Novo Engenho Velho, a margem esquerda na BR-319, Zona Rural de Porto Velho.

De acordo com o boletim de ocorrência, a denúncia dava conta que o local funcionava uma boca de fumo e que as pessoas mantinham em cativeiro animais silvestres que eram comercializados de forma ilegal.

Na casa, os policiais encontraram a dupla que negaram as acusações. Mas, foram localizadas tartarugas e bastantes ovos, além de várias porções de cocaína, duas balanças de precisão, munições calibre 36 e material de pesca ilegal, como tarrafas e malhadeiras.

Questionadas sobre o material encontrado, sogra e nora alegaram que seriam dos maridos que mexiam com a venda de droga e a comercialização das tartarugas, sendo que antes da chegada da guarnição, elas haviam vendido uma das tartarugas por R$ 500.

Mais uma vez elas foram questionadas sobre os maridos e a possível espingarda, elas relataram que eles estavam caçando. Diante dos fatos eles receberam voz de prisão e foram conduzidas junto com todo o material para Central de Flagrantes.

Fonte: Rondônia Agora

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.