Argentina: homem vestia cães como mulheres e depois os violentava

Argentina: homem vestia cães como mulheres e depois os violentava

Quando um caso de maus-tratos contra animais é exposto, as redes sociais mostram todo seu repúdio e esse caso não foi uma exceção.

Na Argentina, a polícia deteve um homem suspeito de assassinar cães.

O assunto em si já é execrável para muitas pessoas, mas ele toma um rumo mais sombrio e perverso. Vários meios de comunicação da Argentina informaram que o homem torturava e violentava os animais em um ambiente interno de sua casa.

Isto pode parecer um caso digno de uma série policial, já que o pervertido, antes de satisfazer seus apetites sexuais com os cães que sequestrava, os vestia como mulheres.

Isso causou mais espanto ainda à sociedade argentina.

O homem de 34 anos, identificado como Vinci, foi submetido a uma avaliação psiquiátrica para saber se seu crime é imputável ou não. Os vizinhos do bairro de Orlandi (Tucumán), pediram que o suspeito não seja colocado em liberdade.

Essas pessoas o acusam de abusar sexualmente de muitos cães da região. Além disso, o homem é acusado de tentar ultrajar uma menina e ameaçar seus vizinhos de morte.

Por Roberto Joyo / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: Trome 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.