Festival acontecerá do dia 6 ao dia 14 de julho - REUTERS/Vincent West/5.7.2018

Ativistas protestam contra touradas em festival na Espanha

Dezenas de ativistas dos direitos dos animais fizeram um protesto em frente à prefeitura de Pamplona, na Espanha, nesta quinta-feira (5), para protestar contra as touradas antes do festival de San Fermin, que acontece do dia 6 ao dia 14 de julho, o mais conhecido do país.

Embora as corridas de touros sejam a marca registrada das festas de San Fermin, manifestantes das organizações PETA e Anima Naturalis afirmaram que a maioria dos turistas e pessoas no exterior não sabem que, depois da corrida matinal, os touros são usados ​​em lutas noturnas.

“Pode até parecer que os touros são se divertindo, mas isso não é verdade”, afirmou a diretora da Anima Naturalis, Aida Gascón.

Os organizadores do protesto disseram que 66 touros serão mortos durante as celebrações de uma semana que incluem, além das corridas e touradas, apresentações de música e dança. Grandes figuras famosas participam da celebração de San Fermin, o santo padroeiro de Navarra.

Embora o prefeito de Pamplona, ​​Joseba Asiron, tenha dito que é a favor da abertura do debate para acabar com as touradas no festival, alguns locais não conseguem imaginar a festa sem touros.

“O touro sempre esteve em nosso sangue e no nosso modo de vida e cultura. Quero que continue assim”, afirmou um moradores de Pamplona à agência de notícias Reuters.

Por Carolina Vilela (estagiária do R7 sob supervisão de Ana Luísa Vieira)

Fonte: R7

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.