Baleia-jubarte de 10m é encontrada morta na Bahia; estado lidera ranking de encalhes no país

Segundo veterinária do Projeto Baleia Jubarte, animal foi encontrado no fim da tarde do último domingo (27).

240
Baleia com cerca de 10m é encontrada morta em Trancoso (Foto: Uemisson Dos Anjos Ferreira/Arquivo pessoal)
Baleia com cerca de 10m é encontrada morta em Trancoso (Foto: Uemisson Dos Anjos Ferreira/Arquivo pessoal)

Uma baleia-jubarte com cerca de 10 metros de comprimento foi encontrada morta, após encalhar no fim da tarde do último domingo, no distrito de Trancoso, famoso destino turístico da cidade de Porto Seguro, sul da Bahia.

Segundo informações da veterinária do Projeto Baleia Jubarte, Adriana Colosio, uma equipe da entidade, que fica em Caravelas, também no sul da Bahia, foi enviada ao local do encalhe para coleta amostras biológicas com intuito de fazer exames.

Ainda segundo a veterinária, a prefeitura da cidade também foi acionada para fazer a remoção da carcaça do animal.

Segundo veterinária, baleia é fêmea (Foto: Uemisson Dos Anjos Ferreira/Acervo pessoal)
Segundo veterinária, baleia é fêmea (Foto: Uemisson Dos Anjos Ferreira/Acervo pessoal)

“Com base nas fotos que vimos, a baleia é fêmea, parece ter cerca de 10 metros e é um animal adulto ou juvenil”, diz Adriana.

A veterinária disse que, em 2017, a Bahia lidera as estatísticas de encalhe de baleias no país. “São 24 registros na Bahia, que é seguido pelo Espírito Santo, com 21”, afirma a especialista, que acrescenta que em todo o país, 66 encalhes foram registrados este ano. “É normal o maior número de encalhes na Bahia, porque Abrolhos é o maior banco de concentração de jubartes vivas no país”, afirma.

Adriana destaca que, quando uma baleia ou golfinho for encontrado encalhado, as pessoas devem entrar em contato com o Projeto Baleia Jubarte, através do telefone (73) 9 8802-1874.

Prefeitura foi acionada para fazer a remoção da carcaça (Foto: Uemisson Dos Anjos Ferreira/Acervo pessoal)
Prefeitura foi acionada para fazer a remoção da carcaça (Foto: Uemisson Dos Anjos Ferreira/Acervo pessoal)

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.