Animal foi resgatado em residência em Juína, MT (Foto: Corpo de Bombeiros / Divulgação)

Bicho-preguiça é resgatado por bombeiros em área de serviço de casa em MT

Um bicho-preguiça foi resgatado na varanda de uma residência no município de Juína, a 737 km de Cuiabá, nesta sexta-feira (5). De acordo com o Corpo de Bombeiros, a proprietária da casa – que fica afastada da cidade, acionou os militares para o resgate.

O caso foi registrado no Bairro Módulo 4. Segundo os bombeiros, a moradora avistou o bicho-preguiça na área de serviço.

O animal foi resgatado com a ajuda de um equipamento especial e liberado numa área de mata, afastada da cidade.

Segundo os bombeiros, nessa época do ano, o resgate no perímetro urbano em Juína é comum. A orientação é para acionar a guarnição em situações parecidas.

Bicho-preguiça

Conhecido por ser bom nadador, é muito lento nas árvores e no solo, onde desce pouco. Os bichos-preguiça são herbívoros, alimentando-se de folhas principalmente das árvores embaúba, gameleira, figueira, entre outras. Têm hábitos arborícolas, ou seja, vivem na copa das árvores.

Possuem pelos longos, grossos e ondulados, exceto na face, onde são mais curtos e finos. Também são bons no disfarce, se camuflando muito bem entre as folhas.

Outra curiosidade é que possuem cauda bem curta, com 5 cm, e são capazes de virar a cabeça até 270º.

O bicho-preguiça não está em extinção e vive por um período entre 15 e 20 anos na natureza, sendo que dormem na maior parte do dia, por cerca de 14 horas. Dentro de zoológicos, ele costuma ter vida mais longa.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *