Bombeiros quebram calçada e entram em bueiro para resgatar filhote de gato; vídeo

A ação aconteceu após um menino que mora no setor Jardim das Flores em Araguaína ouviu os miados do gatinho. Menino tem outros gatos resgatados das ruas.

901
Bombeiro entra em bueiro para resgatar gato em Araguaína (Foto: Reprodução)
Bombeiro entra em bueiro para resgatar gato em Araguaína (Foto: Reprodução)

O resgate de um filhote de gato parou quem trafegava pelo setor Jardim das Flores, em Araguaína, nesta terça-feira (26). Os Bombeiros tiveram que quebrar parte da calçada e um dos militares entrou no bueiro para retirar o animal. A operação aconteceu depois que um menino que mora no setor ouviu os miados do gatinho e ficou preocupado.

VÍDEO: Filhotes de gato é resgatado de bueiro pelo Corpo de Bombeiros

Um vídeo feito pela mãe do menino e divulgado pelos moradores da cidade em redes sociais mostra o momento em que o gatinho é retirado do buraco. “Cinco gatos lá em casa agora, né Lucas? Parabéns à equipe. Foi bem sucedido o resgate”, diz ela. Nas imagens, o menino diz que o animal vai se chamar Aparecido.

Os Bombeiros foram chamados pela mãe do menino. “Ela disse que o filho percebeu que o gatinho estava dentro do buraco e nem dormiu a noite pensando no animal. No outro dia, viu que ele continuava lá. Foi então que ela nos acionou”, contou o tenente dos Bombeiros, José Wilson da Silva.

O tenente relatou que a resgate durou cerca de 5 minutos. “O mais difícil foi quebrar parte da calçada para abrir um acesso maior de forma que coubesse uma pessoa. Depois, foi rápido, o bueiro estava raso e o animal é muito dócil”.

O resgate de animais na cidade é frequente e a prioridade é a vida. “O mais importante é a vida, seja uma pessoa ou um animal. Neste caso, tivemos que quebrar parte da calçada. Como a proprietária não estava, pedimos para que os vizinhos informassem sobre o caso”.

Bombeiro faz carinho em gato após resgate em Araguaína (Foto: Reprodução)
Bombeiro faz carinho em gato após resgate em Araguaína (Foto: Reprodução)

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.