Boto-cinza é encontrado morto na Baía de Guanabara

Espécie está ameaçada de extinção.

184
Foto: Divulgação/Maqua
Foto: Divulgação/Maqua

Um boto-cinza, espécie ameaçada de extinção, foi encontrado morto nessa quinta-feira (7) na Ilha do Boqueirão, na Baía de Guanabara, no Rio. O Laboratório de Mamíferos Aquáticos e Bioindicadores (Maqua) da Uerj havia identificado o animal em 2001. Ele foi recolhido pelo grupo, que vai analisar as causas da morte.

O oceanógrafo José Lailson, coordenador do Maqua, informou ao “Globo” que não existem mais do que 30 botos-cinza (Sotalia guianensis). O animal está presente no brasão oficial da cidade do Rio e somava cerca de 800 na década de 1970.

Com a crise financeira que assola o Estado, trabalhos realizados pelos especialistas tiveram de ser interrompidos e os botos deixaram de ser monitorados.

“Temos feito o máximo que a gente consegue, mas não temos pernas nem braços para fazer esse monitoramento como deveria ser feito. A baía hoje está descoberta. É o pior cenário, mas temos que tentar salvá-los. São o símbolo da cidade do Rio. Estaremos lá até o último boto. Não podemos desistir disso”, explicou.

Fonte: Notícias ao Minuto

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.