Santuario Compasión Animal

Burrinho que passou 12 anos sendo maltratado agradece seu resgatista com incontáveis beijos

Este vídeo, publicado na página do Facebook do Santuario Compasión Animal (na Espanha), de um burrinho chamado Pippin cujo cuidador o cobre de beijos, é a coisa mais doce que você verá hoje! A conexão entre esses dois é inegável, e a história por trás disso fará seu coração derreter.

Burrito rescatado recibe besos de su cuidador

¿Quién quiere besos? Parece que Pippin se los ha pedido todos. Pippin pasó más de 12 años cambiando constantemente de hogar y nunca recibió cariño. Desde que llegó al Santuario Pippin está descubriendo que hay manos que en vez de golpear acarician y bocas que en vez de gritar dan besos. Por eso ahora Pippin puede pasar horas y horas recibiendo besos y caricias de Alberto <3 <3 <3Ayúdanos a seguir salvando vidas.➡️Hazte soci@ desde 6€ al mes:www.compasionanimal.org/socios➡️Haz una donación:Banco SantanderIBAN: ES40 0049 5446 06 2516121531CÓDIGO SWIFT: BSCHESMMPayPal: donaciones@compasionanimal.org

Publicado por Santuario Compasión Animal em Quinta-feira, 28 de junho de 2018

Pippin veio de uma vida de maus-tratos. Ele passou 12 anos sem nenhum amor, cuidado ou afeição de qualquer tipo. Como mostra a legenda o vídeo, “Pippin está descobrindo que existem mãos que, ao invés de bater, acariciam, e bocas que, ao invés de gritar, dão beijos”. É por isso que seu cuidador Alberto quer garantir que este precioso garoto saiba, sem sombra de dúvida, que ele merece todos os beijos no mundo.

Não podemos imaginar o que Pippin passou no passado, mas estamos empolgados pelo que ele pode esperar: um lar definitivo, seguro, amoroso, cheio de todos os beijos que ele possa querer. Parece que Pippin não tem vergonha nenhuma de dar beijos também!

Como você pode ver, animais de fazenda não são muito diferentes de nossos animais de estimação. Eles são animais inteligentes, sociais e cheios de afeição. Eles também têm suas preferências, desagrados e personalidades! Como Pippin, todos os seres buscam felicidade. A compaixão não é algo que deveria ser direcionada para apenas certas espécies, mas para todos os seres vivos.

Para saber mais ou fazer uma doação para Santuario Compasión Animal, clique aqui.

Por Nadine Rich / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: One Green Planet

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.