Cachorro preso em cativeiro é resgatado sob aplausos de vizinhos que denunciaram maus-tratos – Olhar Animal
Sansão foi resgatado de cativeiro após denúncias de vizinhos do estacionamento em Bonsucesso - Divulgação DPMA / Divulgação DPMA

Cachorro preso em cativeiro é resgatado sob aplausos de vizinhos que denunciaram maus-tratos

RIO – Do local onde estava, um cativeiro nos fundos de um estacionamento de uma Churrascaria abandonada em Bonsucesso, Sansão jamais poderia saber que hoje é o Dia Mundial do Meio Ambiente e qual a importância a data _ criada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 1972, durante Conferência de Estocolmo, na Suécia _ teria para sua vida. Teve toda. Como parte da semana comemorativa, a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, resolveu promover campanhas de conscientização de preservação e respeito à vida. Dentro da programação, a terça-feira foi escolhida para ações envolvendo questões animais. Para apurar uma denúncia de maus-tratos recebida pelas redes sociais da Delegacia, foi montada uma operação, que mobilizou o quarteirão.

A denúncia informava que havia um cachorro amarrado no terreno, que era mantido preso a uma corda no local há pelo menos 2 anos, onde convivia com ratos e pombos que se alimentavam da pouca comida lhe era dada. Ao chegar ao local, policiais do Núcleo de Proteção aos Animais (NPA) da DPMA foram recebidos por uma pequena multidão de queixantes, que fizeram fila para testemunhar o sofrimento do bichinho.

_ Foram inúmeros os relatos sobre a situação do Sansão. Eles não só testemunharam os maus tratos como também acompanharam o trabalho da equipe, comemorando o resgate. Foi emocionante _ comentou o delegado Antônio Ricardo Lima Nunes, titular da DPMA.

Sansão não estranhou a presença dos policiais, abanou o rabo para a multidão que o aplaudia na saída e não ofereceu qualquer resistência para entrar no “camburão pet”, uma viatura novíssima, adequada para resgate animal, inaugurada nesta operação.

O caso foi registrado como maus-tratos e a polícia abriu inquérito para apurar a responsabilidade pelo crime. Depois de encaminhado à delegacia na Cidade da Polícia, no bairro do Jacaré, Sansão seguiu para o novo endereço, a ONG “Paraíso dos Focinhos”. Mas a história dele não acaba aqui.

_ O abrigo vai realizar uma campanha de adoção para Sansão nas redes sociais. Estamos inclusive compartilhando a campanha aqui no facebook da delegacia _ contou o delegado.

Antes de seguir para a nova casa, Sansão fez questão de registrar, do jeito que os cães fazem, a sua passagem na delegacia.

Por Elenilce Bottari

Fonte: O Globo

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.