Cachorros sofrem envenenamento no bairro Santos Dumont, em Vitória, ES

A prática é considerada crime e pode dar de três meses à um anos de prisão.

218
Cachorros sofrem envenenamento no bairro Santos Dumont, em Vitória, ES
Cachorros sofrem envenenamento no bairro Santos Dumont, em Vitória, ES

Uma moradora de Videira, residente no bairro Santos Dumont, Tania Silva, está sofrendo em ter de lidar com possíveis envenenamentos de seus animais de estimação. A moradora comunicou a Rádio Vitória que já perdeu dois cachorros, dois gatos, um do neto dela, e conseguiu salvar uma cadela.

O que mais deixa Tania inconformada com a situação é de que seus cachorros eram cuidados em propriedade privada, ou seja, pessoas teriam jogado veneno dentro do terreno onde ela mora.

Os maus-tratos de animais, no qual está incluído o envenenamento intencional, além de ser uma grande crueldade também é crime previsto em lei. De acordo com o artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais de 1998, praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos é crime, com pena de detenção de três meses a um ano, mais multa. Mas embora a lei ofereça dispositivos para punir os criminosos, muitas barbaridades ainda são cometidas contra os animais.

Algumas pessoas ainda não denunciam este crime, mesmo quando seus animais são vítimas. Contudo, Tania se colocou à disposição para defender o bem estar dos cães e gatos e disse que a matança de animais deve parar.

Outro ponto que pode incriminar, não somente quem envenena, mas também quem comercializa venenos, é o uso de substâncias proibidas ou controladas, como é o caso do raticida popularmente conhecido como “chumbinho”. O responsável pode ser enquadrado em crime contra a saúde pública (art. 273 parágrafo 1º-B, inciso I e IV do Código Penal). Neste caso, a pena prevista de reclusão é de 10 a 15 anos de prisão.

Fonte: Rádio Vitória AM

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.