Cadela abandonada dentro de bacia com 7 filhotes ganha novo lar em RO

Tita havia sido deixado debaixo de uma lixeira com vários filhotes. Cadela vai ficar com casal que fez o resgate em Porto Velho.

1544
Cadela foi abandonada dentro de uma bacia com sete filhotinhos em Porto Velho (Foto: Giselli Pini/Arquivo Pessoal)
Cadela foi abandonada dentro de uma bacia com sete filhotinhos em Porto Velho (Foto: Giselli Pini/Arquivo Pessoal)

A cadela que foi achada dentro de uma bacia com mais sete filhotes vai ganhar um novo lar em Porto Velho. Os novos tutores de Tita, como agora é chamada, são a fisioterapeuta Giselli Pini e o fotógrafo Frank Bussatto, que resgataram os animais debaixo de uma lixeira, em julho. Com o passar dos dias, o casal cuidou e se apegou a mãe dos cachorrinhos e decidiu ficar com ela.

Como não podem adotar também os sete filhos, o casal fez um book fotográfico para incentivar a doação dos filhos de Tita. As imagens foram feitas pelo marido de Giselli, Frank Busatto, que já tinha câmera em casa.

Ao G1, Giselli conta que um amigo chamado João Cordeiro foi quem encontrou a Tita dentro de uma bacia com os sete filhotes, próximo ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), na Avenida Lauro Sodré.

Giselli Pini com alguns dos filhotes no book fotográfico (Foto: Frank Busatto/Arquivo Pessoal)
Giselli Pini com alguns dos filhotes no book fotográfico (Foto: Frank Busatto/Arquivo Pessoal)

“O João Cordeiro encontrou a cadela e tirou uma foto. Ele me mostrou a foto e falou que a cachorrinha estava abandonada. Assim que vi a foto, eu me comovi, porque vi que ela estava com os filhotes muito pequenininhos, com os olhinhos fechados. Na foto pensei que fossem só três, mas os outros estavam embaixo. Eu olhei , fiquei com dó e pedi para ele levar lá pra casa”, contou Giselli.

Cadela chegou a residência do casal bem debilitada e fraca, segundo Giselli (Foto: Giselli Pini/Arquivo Pessoal)
Cadela chegou a residência do casal bem debilitada e fraca, segundo Giselli (Foto: Giselli Pini/Arquivo Pessoal)

Durante o resgate, a cadela estava debilitada e precisou de cuidados até que conseguisse ficar em pé na casa do casal. Mesmo marido e mulher dando carinho, Tita ainda tinha receio e medo de se aproximar.

“Eu acho que ela perdeu muito sangue, pois estava fraca, não conseguia ficar em pé, estava abatida, e do jeito que a gente pegava, ela ficava. Ela não tinha reação, então colocamos comida na boca dela, íamos conversando, dando carinho e aí aos poucos ela foi ficando forte e eu fui me apegando a ela”, diz Giselli.

Frank, marido de Giselli, foi quem fez o book fotográfico para incentivar a doações dos animais abandonados (Foto: Frank Busatto/Arquivo Pessoal)
Frank, marido de Giselli, foi quem fez o book fotográfico para incentivar a doações dos animais abandonados (Foto: Frank Busatto/Arquivo Pessoal)

A fisioterapeuta conta ainda que precisava achar pessoas para ficar com a cachorra e os filhotes.

Ela contou ainda que já havia conseguido doar animais encontrados na rua e por isso um book fotográfico foi feito pelo Frank Bussatto, marido da Giselli.

Todos os animais foram adotados após divulgação de fotos (Foto: Frank Busatto/Arquivo Pessoal)
Todos os animais foram adotados após divulgação de fotos (Foto: Frank Busatto/Arquivo Pessoal)

“A gente decidiu fazer as fotos porque quando recebemos a Tita nós decidimos que todos os filhotes precisariam encontrar um novo lar, assim como ela, já que não conseguiríamos ficar com todos eles”, conta Frank.

As fotos do casal com os filhotes foram divulgadas nas redes sociais e os futuros tutores foram aparecendo.

“Já entreguei cinco deles, só tenho dois que vão embora esta semana. Eles já estão lindos, gordinhos. Como a Tita é adulta e não consegui tutor, vamos ficar com ela. Além disso, ela me lembra uma cadela que tive quando era criança”, relembra Giselli.

A cadela agora batizada de Tita mora com o casala Frank e Giselli em Porto Velho (Foto: Frank Busatto/Arquivo Pessoal)
A cadela agora batizada de Tita mora com o casala Frank e Giselli em Porto Velho (Foto: Frank Busatto/Arquivo Pessoal)

Adoção

A intérprete de libras Bia da Mata sempre foi contra a compra de animais de estimação. Ela viu as fotos realizadas pelo casal e resolveu adotar um cachorro macho que agora se chama ’Elvis’.

Bia e a família adotaram um dos filhotes que se chama 'Elvis' (Foto: Giselli Pini/Arquivo Pessoal)
Bia e a família adotaram um dos filhotes que se chama ‘Elvis’ (Foto: Giselli Pini/Arquivo Pessoal)

“Quando a Giselli postou a bacia com a cadela, pensei: como um ser humano faz isso com um bichinho indefeso? Eu chorei, minha família chorou e então pedimos o ‘Elvis’ . Ele tem sido a alegria da casa. Todos os meus filhos amaram ele, assim como meu esposo”, declarou Bia.

Frank afirma que nunca havia feito fotos de pets antes (Foto: Frank Busatto/Arquivo Pessoal)
Frank afirma que nunca havia feito fotos de pets antes (Foto: Frank Busatto/Arquivo Pessoal)

Emocionada, a fisioterapeuta relata que os animais adotados fizeram mais por ela do que ela por eles.

“Eu fiz um pouco por eles, mas eles fizeram muito por mim, eles são muito gratos. Eu não entendo cabeça de pessoas que maltratam os animais”, finalizou Giselli.

Por Hosana Morais

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.