Cadelas resgatadas na Baía de Vitória (ES) se recuperam em clínica e ganham visita de bombeira

Cadelas resgatadas na Baía de Vitória (ES) se recuperam em clínica e ganham visita de bombeira

As cadelas que foram resgatadas na Baía de Vitória, na tarde desta terça-feira (12), estão se recuperando em uma clínica veterinária de Jardim Camburi. No local, elas foram batizadas com os nomes Vitória e Guerreira. Além dos cuidados necessários, os animais agora estão ganhando carinho e receberam até a visita da bombeira que ajudou no resgate.

Segundo testemunhas, os animais foram abandonados na água na noite de segunda-feira (11), por uma lancha. Assustados, os animais nadaram até a Pedra do Penedo.

O resgate, que aconteceu nesta terça-feira (12), mobilizou duas equipes do Corpo de Bombeiros, sendo uma de rapel e outra no mar. Foram quase 10 horas de trabalho para salvar os animais.

“Nós chegamos à conclusão de que a melhor forma era criar uma via através de escalada, acessar a parte superior, onde as cadelas estavam, e depois fazer um rapel. Eu desci, as cadelas continuaram fugindo até chegarem na água, onde a equipe de mergulho fez tudo que era possível para resgatá-las com segurança”, explicou o sargento Josué.

O sargento Bento, que estava na embarcação, ressaltou que foi difícil pegar os animais na água, porque eles estavam assustados.

“Quando trata-se de um ser humano, é comum ele querer ser salvo. Já o animal não tem essa questão. E, naquela ocasião, eles estavam estressados. Provavelmente, porque foram escorraçados por algum humano e toda vez que algum humano se aproximava, eles tentavam fugir”, disse.

Vídeo mostra momento em que um dos cães é resgatado na Baía de Vitória.

“Tivemos muita dificuldade, porque eles estavam muito estressados. Toda vez que abordamos, eles fugiam, estavam ariscos, mordendo. Então a gente teve essa dificuldade para acessá-los, colocá-los no barco e trazê-los com segurança para a margem”, completou a tenente Andresa. 

Depois de resgatadas, as cadelinhas foram internadas em uma clínica veterinária, em Jardim Camburi. As duas foram batizadas pela equipe e estão sendo tratadas.

Cadelas recebem cuidados em clínica de Vitória.

Animais são tratados após terem sido abandonados.

A veterinária Viviane Santana descreveu como era o estado de saúde dos animais assim que chegaram na clínica.

“A Vitória chegou num quadro de hipotermia, em função de tudo que passou, a gente teve que aquecê-la. As duas chegaram muito assustadas, ainda estão um pouco. A gente está trabalhando essa questão humanitária, para reverter o trauma que elas passaram”, disse a veterinária.

Animais recebem cuidados em clínica veterinária de Vitória. — Fotos: Ari Melo/ TV Gazeta

Uma protetora dos animais foi quem ajudou a levar os animais para a clínica. Ela também deve atuar para ajudar a garantir a adoção dos animais. “Primeira providência que nós tomamos foi trazer para um clínica confiável, para estabilizar a saúde e depois pensar em adoção”, disse Clara Orlandi.

A tenente Andresa, que ajudou no resgate dos animais na água, esteve na clínica para visitar os animais na manhã desta quarta. “Feliz por elas estarem se recuperando”, disse.

Polícia

Em nota, a Polícia Civil disse que as ocorrências de maus-tratos de animais podem ser registradas em qualquer delegacia. Denúncias, também, podem ser feitas por meio do Disque – Denúncia 181 ou pelo disquedenuncia181.es.gov.br.

É importante que as ocorrências sejam formalizadas para que a Polícia Civil tome conhecimento dos fatos e eles sejam investigados. O autor desse tipo de crime é atuado no Artigo 32 – por maus-tratos aos animais – previsto na Lei de Crimes Ambientais.

Assista à versão desta reportagem que foi ao ar no ES1:

Vídeo: Resgate de cães abandonados em morro do Penedo dura 10 horas, em Vitória.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.