LEOA KHALEESI MANTIDA EM AQUÁRIO DE ISTAMBUL (FOTO: REPRODUÇÃO / YOUTUBE)

Café na Turquia mantém leoa em aquário para entreter turistas

Manter um aquário com peixes para entreter os clientes de um bar ou restaurante, embora eticamente questionável, é relativamente comum. Mas e fazer o mesmo com uma leoa? Em Istambul, na Turquia, um café achou que essa era uma boa ideia.

O estabelecimento, chamado Mevzoo, está regulamentado como zoológico turístico e centro de reabilitação de animais. Além da leoa, chamada Khaleesi, contam com mais 35 coelhos, vários flamingos, quatro cobras, quatro cavalos, dois papagaios, dois crocodilos e uma iguana.

O caráter legal, porém, não impediu que o café fosse alvo de uma série de críticas. Oytun Okan Senel, presidente da Câmara de Cirurgiões Veterinários da Turquia, usou o Twitter para se manifestar: “No meio de Istambul, a humilhação! Abuso de animais no ‘centro de reabilitação’ decorando um narguilé café”.

Um vídeo divulgado pelo próprio café no Instagram mostra a leoa em um grande e estreito corredor, separado por um vidro da área onde as pessoas tranquilamente comem e bebem. Nas imagens, o felino fica perseguindo uma garotinha de um lado para o outro. Por um buraco, os frequentadores ainda podem dividir sua refeição com Khaleesi.

(Foto: Reprodução / YouTube) (Foto: Reprodução / YouTube)

Uma petição online pede o fim do aquário. O Ministério de Manejo Florestal e de Água da Turquia investigou o café, no bairro de Beykoz, depois que imagens dos animais circularam. O Mevzoo mantém a maioria de seus animais em gaiolas sob o café, em um “zoológico” que está registrado no Ministério das Florestas.

E como o local possui toda documentação para manter os animais, as autoridades saíram de lá deixando somente uma recomendação de que o corredor de vidro fosse desmontado. Os animais selvagens, porém, continuarão reduzidos a adereços para agradar turistas.

Fonte: Galileu / Vídeo: Mirror

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.