O canguru ficou cerca de meia hora dentro do campo de futebol. (Foto: SOCIAL MEDIA / BarTV Sports/Capital Football/via REUTERS)

Canguru interrompe partida de futebol na Austrália

Uma partida de futebol feminino entre os times Belconnen United Blue Devils e Canberra Football Club, no domingo, foi interrompida por um motivo inusitado. Por pouco mais de meia hora, as jogadoras das duas equipes abandonaram o campo e deixaram o gramado para um ilustre visitante: um canguru.

— Ele colocou as garotas para correr — contou o comentarista Russ Gibbs, em entrevista à emissora local ABC. — Foi uma das coisas mais estranhas que eu já comentei.

O jogo transcorreu normalmente durante o primeiro tempo, mas durante o intervalo o canguru entrou em campo. Ele ficou por um tempo e saiu para o estacionamento. A partida foi retomada, mas o canguru retornou e não quis mais sair. Funcionários das equipes e da organização da partida tentaram afastá-lo, chutando bolas em sua direção, mas o animal parecia não se importar.

— Ele parecia feliz em controlar as bolas e dar bons passes — brincou Gibbs.

O canguru era um adulto macho da espécie cinza oriental, o maior entre esses marsupiais. A estimativa é que o animal media cerca de 1,80 metro de comprimento. Imagens que circulam nas redes sociais mostram o canguru pulando a cerca para invadir o campo, assustando as jogadoras.

O canguru colocou as jogadoras dos dois times para correr. (Foto: SOCIAL MEDIA / BarTV Sports/Capital Football/via REUTERS)

O avistamento de cangurus não é raro na capital australiana, Camberra, onde a partida foi disputada, mas, segundo Gibbs, é incomum vê-los em estádios. E ainda mais difícil é retirá-los. Para afastá-lo definitivamente, um dos treinadores pegou sua caminhonete e encurralou o animal em direção a um buraco na grade. No total, a partida ficou interrompida por 32 minutos.

— Foi difícil afastá-lo sem deixá-lo aborrecido — disse o comentarista. — Eles são animais ícones da Austrália e não queríamos machucá-lo.

No fim, o Belconnen United venceu por 2 a 0, mas certamente o canguru foi o destaque da partida.

Fonte: Extra


Nota do Olhar Animal: A Austrália permitiu o surgimento de uma superpopulação de cangurus e agora promove o massacre de milhares deles como método de controle, numa atitude injusta e infame.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.