Cão atingido por chumbo de arma de pressão de ar quando passeava com o tutor

219
Fotos: Gloria Lopes/JN
Fotos: Gloria Lopes/JN

Um cão de pequeno porte foi esta manhã de sábado atingido por um chumbo de uma arma pressão de ar quando andava a passear com o dono no jardim do Bairro da Coxa, em Bragança, Portugal.

Eram cerca das 10.30 horas quando Luís Costa se encontrava naquele espaço público com o seu cão, chamado Nico, quando ouviu um barulho que fez tombar o animal. “O Nico cai inanimado. Começou a sangrar muito. Olhei em volta para as janelas dos prédios mas já não vi ninguém. Fiquei assustado porque foi uma coisa repentina e inesperada”, explicou.

Luís Costa pegou no animal e transportou-o para o veterinário, onde foi submetido a radiografias e a tratamento. “Trata-se de um ferimento muito ligeiro, mal se nota. Apenas tem esta marca por baixo da boca”, descreveu.

Também não sabe os motivos que terão levado alguém a disparar sobre o cão, tanto mais que foi a primeira vez que o levou para o jardim, uma vez que só sexta-feira o trouxe da aldeia. “É um cão muito dócil e nunca tinha ido ao jardim por isso nunca tinha causado qualquer problema. Quem atirou deve ter feito pontaria, porque acertou na cabeça do animal”, acrescentou.

Luís Costa tenciona apresentar queixa na PSP na segunda-feira.

Por Glória Lopes

Fonte: JN / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.