Cão é resgatado após ser enterrado vivo na Barra de São Miguel, AL

Cão é resgatado após ser enterrado vivo na Barra de São Miguel, em Maceió, AL

Um cachorro foi socorrido em estado grave para uma clínica veterinária em Maceió, após ser enterrado vivo em um terreno na Barra de São Miguel, litoral Sul. Os gemidos do animal levaram populares a encontrá-lo e resgatá-lo de dentro do buraco.

Segundo informações da ONG Projeto Acolher, que foi acionada para a ocorrência, há suspeita de que o cão, da raça rottweiler, esteja com cinomose (virose de grande letalidade) em estado avançado. Ele também está com carrapatos e muito debilitado.

Até o momento ainda não há denúncias sobre quem enterrou o cão, batizado de “Dogão” pelas pessoas que participaram do resgate.

Nos vídeos que circulam nas redes sociais é possível observar que o animal estava com uma corda azul amarrada em um das patas e usava uma coleira no pescoço. Ele também aparentava fraqueza e tinha muita areia cobrindo um dos olhos.

Por meio das redes sociais, onde divulgou o caso, o Projeto Acolher solicita doações para ajudar no tratamento de Dogão e também colaborações para a manutenção dos mais de 500 animais atendidos na sede. Mais informações: (82) 3324-2886, (82) 98851-7997 e no @projetoacolher.

Maltratar animais é crime, com pena prevista de 3 meses a um ano de detenção, além de multa. Em dezembro do ano passado, foi aprovado no Senado um projeto de lei que aumenta a pena para de um a quatro anos de detenção.

Veja vídeos:

Por Vanessa Alencar

Fonte: Cada Minuto

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.