Rinha de galo termina em troca de tiros e um ferido em Rio Largo, AL

Rinha de galo termina em troca de tiros e um ferido em Rio Largo, AL

Uma rinha de galo terminou com troca de tiros e uma pessoa ferida na noite desse domingo (8), no município de Rio Largo. A polícia recebeu uma denúncia de que havia galos de briga em um conjunto habitacional e, ao chegar à localidade, teria sido recebida a bala. Um revólver Calibre 38 e dois galos de raça foram apreendidos durante a operação.

Publicitários realizam sessão de fotos dos cães e gatos do Neafa para campanha de Natal

Publicitários realizam sessão de fotos dos cães e gatos do Neafa para campanha de Natal

No início do mês de dezembro, os publicitários Max Henrique, Áurea Cavalcante e Ananda Acioli realizaram uma sessão de fotos dos cães e gatos do Núcleo de Educação Ambiental Francisco de Assis (NEAFA), em Maceió, AL, para a campanha de Natal. A ideia surgiu quando ainda eram estudantes e eles decidiram colocar o projeto em prática para com isso ajudar os animais a ganharem novas famílias.

Mestre artesão devolve à liberdade animais silvestres mantidos em cativeiro, na Ilha do Ferro, AL

Mestre artesão devolve à liberdade animais silvestres mantidos em cativeiro, na Ilha do Ferro, AL

Nessa quinta-feira (15), quando uma equipe de técnicos do Instituto do Meio Ambiente (IMA) e da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) dava continuidade às ações do projeto de certificação da madeira como matéria-prima utilizada por artesãos, os técnicos foram surpreendidos por uma ação inesperada por parte de um ilustre morador da Ilha do Ferro, em Pão de Açúcar.

Homem é suspeito de maltratar e comer cães e gatos no bairro da Santa Lúcia, em Maceió, AL

Uma operação da Secretaria de Limpeza Urbana de Maceió (Slum), na manhã desta terça-feira (6), flagrou muito lixo e animais maltratados em uma casa no bairro da Santa Lúcia. Populares denunciaram aos agentes da Slum que o responsável pelo local alimentava-se de cachorros e gatos. Segundo a Slum, o Centro de Controle de Zoonoses de Maceió foi acionado para recolher os animais encontrados no local.

“Vaquejada promove enriquecimento ilícito devido a condutas cruéis”, diz procurador

A Procuradoria de Justiça Cível emitiu parecer em resposta ao agravo de instrumento, nesta segunda-feira (05), interposto pela Defensoria Pública do Estado de Alagoas contra ação civil pública ajuizada pela Promotoria de Justiça de Palmeira dos Índios, que pediu a suspensão da competição da vaquejada que seria realizada naquele município. Segundo o procurador de Justiça Valter Acioly, a atividade “promove enriquecimento ilícito devido a condutas cruéis e outras violências cometidas contra animais indefesos sob o manto de definição legal de cultura”.