Amapá – Olhar Animal
Anomalia no casco e deficiência nas patas chamou atenção de militares. (Foto: Reprodução/Rede Amazônica)

Jabuti com anomalia no casco e deficiente nas patas é resgatado em Macapá; vídeo

Animal foi encontrado por um carteiro, em um terreno abandonado na terça-feira (31). Especialista informou que anomalia pode ter sido provocada por alimentação. Polícia fez a entrega para reserva.

Um jabuti com anomalia no casco e deficiente nas patas dianteiras foi resgatado na terça-feira (31) pelo Batalhão Ambiental. O animal foi encontrado em um terreno abandonado no bairro Jesus de Nazaré, em Macapá, por um carteiro, que acionou a Polícia Militar (PM) do Amapá.

Scooby levou terçadada de vizinho no Amapá. (Foto: Marcilene Rodrigues/Arquivo Pessoal)

Cão leva terçadada de vizinho e família pede ajuda para tratamento de animal

Caso de violência aconteceu no domingo (1º), na Zona Oeste de Macapá. Cão foi levado para clínica veterinária e campanha na internet pede cerca de R$ 2,8 mil para pagar cuidados médicos.

Um caso de violência deixou um cão com um ferimento profundo nas costas. O cachorro, chamado de Scooby, de 2 anos, levou uma terçadada que teria sido desferida por um vizinho, que foi preso ainda no domingo (1º), no bairro Marabaixo, na Zona Oeste de Macapá. Os donos do animal fazem campanha na internet para conseguir ajuda financeira para cuidados médicos.

Morador do bairro Novo Horizonte pede proteção para animais silvestres em Macapá, AP

Morador do bairro Novo Horizonte pede proteção para animais silvestres em Macapá, AP

Um ouvinte do programa ‘Luiz Melo Entrevista’ (Diário FM 90,9) que se identificou como Marcos, pediu na manhã desta segunda-feira (14), ao vivo, por telefone, que a prefeitura, através da secretaria do Meio Ambiente construa uma cerca de arame ao longo da reservada ambiental do bairro Novo Horizonte porque, segundo ele, de forma recorrente muitos animais morrem atropelados ao tentar atravessar a rodovia.

Animais são mortos a tiros por caçadores, em reserva ambiental em Santana, no Amapá. (Foto: Revecom/Aqrquivo)

Em cinco meses, mais de 90 pessoas foram presas no AP por caça ilegal de animais

Mesmo dentro de uma área ambiental, animais de diversas espécies não estão protegidos contra a ação humana. Na Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Revecom, localizada em Santana, a 17 quilômetros de Macapá, caçadores colocam diariamente os bichos em risco. A matança mais uma vez acende o alerta quanto a caça ilegal.