Dona do Scooby está desempregada e precisa de uma família que possa adotar o cãozinho ferido — Foto: Marcilene Rodrigues/Arquivo Pessoal

Desempregada, tutora de cão ferido a terçadada por vizinho pede um lar adotivo para o animal em Macapá, AP

O cão Scooby, de 2 anos, que em julho deste ano foi ferido a terçadada por um vizinho no bairro Marabaixo, Zona Oeste de Macapá, precisa de um novo lar. É que a tutora dele, Marcilene Rodrigues, de 35 anos, está desempregada e sem condições financeiras de arcar com o tratamento e cuidados que o animal necessita. Ela conta que a decisão não está sendo fácil, mas é uma prova de amor ao amigo de estimação.

Projeto quer instalar comedouros para cães abandonados em ruas e praças de Macapá, AP

Projeto quer instalar comedouros para cães abandonados em ruas e praças de Macapá, AP

Um casal de namorados, que ama animais, resolveu amenizar a fome de cães de rua com uma iniciativa simples. Eles criaram um comedouro feito de cano de PVC. A princípio, a ideia era instalar apenas dois sistemas na praça do bairro Boné Azul, Zona Norte de Macapá. Porém, ao divulgarem a iniciativa na internet, o projeto ‘Ajude um AUmigo’ ganhou apoiadores e precisou ser ampliado.

Scooby levou terçadada de vizinho no Amapá. (Foto: Marcilene Rodrigues/Arquivo Pessoal)

Cão leva terçadada de vizinho e família pede ajuda para tratamento de animal

Um caso de violência deixou um cão com um ferimento profundo nas costas. O cachorro, chamado de Scooby, de 2 anos, levou uma terçadada que teria sido desferida por um vizinho, que foi preso ainda no domingo (1º), no bairro Marabaixo, na Zona Oeste de Macapá. Os donos do animal fazem campanha na internet para conseguir ajuda financeira para cuidados médicos.

Morador do bairro Novo Horizonte pede proteção para animais silvestres em Macapá, AP

Morador do bairro Novo Horizonte pede proteção para animais silvestres em Macapá, AP

Um ouvinte do programa ‘Luiz Melo Entrevista’ (Diário FM 90,9) que se identificou como Marcos, pediu na manhã desta segunda-feira (14), ao vivo, por telefone, que a prefeitura, através da secretaria do Meio Ambiente construa uma cerca de arame ao longo da reservada ambiental do bairro Novo Horizonte porque, segundo ele, de forma recorrente muitos animais morrem atropelados ao tentar atravessar a rodovia.

Animais são mortos a tiros por caçadores, em reserva ambiental em Santana, no Amapá. (Foto: Revecom/Aqrquivo)

Em cinco meses, mais de 90 pessoas foram presas no AP por caça ilegal de animais

Mesmo dentro de uma área ambiental, animais de diversas espécies não estão protegidos contra a ação humana. Na Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Revecom, localizada em Santana, a 17 quilômetros de Macapá, caçadores colocam diariamente os bichos em risco. A matança mais uma vez acende o alerta quanto a caça ilegal.