Plantão voluntário será realizado durante a queima de fogos na virada do ano (Foto: Fabiana Figueiredo/G1)

Voluntários trocam festas de réveillon para tranquilizar cães durante queima de fogos no AP

A chegada do Ano Novo é marcada pela tradicional queima de fogos de artifícios. Mas o que para muitos é momento de festa, para tutores de cães é sinônimo de preocupação. O som intenso dos fogos provoca medo e agitação nos animais e gera riscos para a saúde deles. Por essa razão, em Macapá, um grupo de voluntários da ONG Anjos Protetores decidiu trocar as festas da virada de ano para acalmar cães e gatos atendidos na unidade.

LEIA MAIS Voluntários trocam festas de réveillon para tranquilizar cães durante queima de fogos no AP
Preocupação com fogos de artifícios é resultar em acidentes dos animais (Foto: Cassio Albuquerque/Arquivo G1)

Fogos de artifício em festas de fim de ano preocupam reserva ambiental do AP

A administração da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) – Revecom está trabalhando para conscientizar a população que mora próximo ao bairro Vila Amazonas, em Santana. A preocupação é com a queima de fogos de artifícios, comum nas festas de fim de ano. O barulho tem causado estresse e problemas de saúde nos animais abrigados.

LEIA MAIS Fogos de artifício em festas de fim de ano preocupam reserva ambiental do AP
Répteis estao entre as espécies mais recuperadas (Foto: Divulgação/Batalhão Ambiental)

Batalhão Ambiental resgatou mais de 230 animais silvestres em 2017 no Amapá

Os dois filhotes de jacaré encontrados na segunda-feira (25) no terreno de uma residência, na Zona Norte de Macapá, aumentaram ainda mais a quantidade de animais silvestres apreendidos em áreas urbanas ao longo de 2017 no estado. Segundo o Batalhão Ambiental da Polícia Militar (PM) foram 237 bichos resgatados desde janeiro, sendo a maioria répteis e aves.

LEIA MAIS Batalhão Ambiental resgatou mais de 230 animais silvestres em 2017 no Amapá
Animais seriam vendidos na Guiana Francesa (Foto: Reprodução/Rede Amazônica)

Seis pessoas são presas por suspeita de tráfico internacional de animais no Amapá

Seis pessoas foram presas suspeitas de participar de tráfico internacional de animais no município de Oiapoque, a 590 quilômetros de Macapá. As prisões ocorreram entre o sábado (23) e o domingo (24), segundo a Polícia Civil do Amapá, que fez ainda a apreensão de armas de fogo, munições e animais que seriam vendidos na Guiana Francesa.

LEIA MAIS Seis pessoas são presas por suspeita de tráfico internacional de animais no Amapá
Filhote de raposa foi encontrado no meio de madeiras extraídas de área de cerrado do Amapá (Foto: Batalhão Ambiental/Reprodução/Facebook)

Raposa é encontrada em caminhão que carregava madeiras extraídas no AP

Um filhote de raposa foi resgatado na quarta-feira (13) após ser transportado no meio de madeiras extraídas de uma região de cerrado em Porto Grande, por uma empresa de manejo florestal especializado em eucalipto no Amapá. O animal estava debilitado, com lesão em uma das patas traseiras, informou o Batalhão Ambiental da Polícia Militar (PM).

LEIA MAIS Raposa é encontrada em caminhão que carregava madeiras extraídas no AP
Aves serão encaminhados para o Cetas em Macapá, que já realizou repatriação de araras em julho (Foto: Jéssica Alves/G1)

Amapá vai receber mais cinco aves vítimas de tráfico em Pernambuco

Na terça-feira (8) cinco aves vítimas de tráfico de animais em Pernambuco foram encaminhadas para o Amapá, onde futuramente serão devolvidas à natureza. Os animais serão levados até o Centro de Triagem de Animais Silvestres do Amapá (Cetas), na Zona Norte de Macapá, e até esta publicação, não havia sido confirmada a data de chegada dos pássaros.

LEIA MAIS Amapá vai receber mais cinco aves vítimas de tráfico em Pernambuco