Divulgação/Veja SP

Após fechamento de canil clandestino, rede Petz deixa de vender filhotes

Com 82 lojas pelo país, a rede de pet shops Petz anunciou nesta quarta (20) que deixará de vender filhotes de cães e gatos. A medida vem após o fechamento na semana passada de um canil clandestino em Piedade, no interior do estado, que tinha a empresa como cliente. Foram tirados de lá mais de 1700 cachorros, em situação de sujeira e maus-tratos.

Foto ilustrativa / Pixabay

Oceanos estão ficando cada vez mais barulhentos e ameaçam a vida marinha

Grandes e lentos navios percorrem quilômetros de oceano, em um vai e vem padronizado e incessante, levando um conjunto de 12 a 48 bombas de ar comprimido que disparam repetidamente ar pressurizado nas profundezas do mar. As ondas de som batem no solo marítimo, penetrando-o por quilômetros e voltando à superfície, onde são captadas por hidrofones.

Vaquejadas: o efeito backlash

Vaquejadas: o efeito backlash

Impetrada pelo Procuradoria-Geral da República, a ação direta de inconstitucionalidade -ADI nº 4983- acabou por dar margem a maior das derrocadas, recentemente, verificadas em desfavor da luta pelo reconhecimento dos direitos dos animais.

Ilustração de Débora Pires

Abiertas las inscripciones para la 2ª edición de la Artevista: ‘Cazar animal no está bien’

Están abiertas las inscripciones para la 2ª Artevista – Arte en Defensa de los Animales | Dibujo y Pintura, promovida por la ONG Olhar Animal con el apoyo del MICA – Movimento Infanto-juvenil Crescendo com Arte. El objetivo es estimular el respeto a los intereses de los animales no humanos y la acción en defensa de esos seres, incentivando a los niños y adolescentes a expresar, por la vía artística, su sensibilidad y conciencia sobre el asunto.

Ilustração de Débora Pires

Entries now open for Artevista 2nd Edition: ‘Hunting is not cool’

Entries are now open for the 2nd Artevista – Art in defense of animals | Drawing and Painting contest, promoted by Olhar Animal, a non-profit organization, with support from MICA – Movimento Infanto-juvenil Crescendo com Arte. The main goal is to stimulate the respect towards nonhuman animal interests and the action in defense of these beings by inviting kids and teens to express artistically their sensitivity and awareness about this issue.  

Ilustração de Débora Pires

Abertas as inscrições para a 2ª edição da Artevista: ‘Caçar animal não é legal’

Estão abertas as inscrições para a ‘2ª Artevista – Arte em Defesa dos Animais | Desenho e Pintura‘, promovida pela ONG Olhar Animal com o apoio do MICA – Movimento Infanto-juvenil Crescendo com Arte. O objetivo é estimular o respeito aos interesses dos animais não humanos e a ação em defesa desses seres, incentivando crianças e adolescentes a expressar, pela via artística, sua sensibilidade e consciência sobre o assunto. 

Rodeios: a violação às garantias fundamentais do processo

Rodeios: a violação às garantias fundamentais do processo

Em meados dos anos 1990, a Uipa, União Internacional Protetora dos Animais, associação civil que, no século XIX, instituiu o Movimento de Proteção Animal no país, encaminhou numerosas representações ao Ministério Público de São Paulo, visando proibir, nas montarias em rodeios, instrumentos de tortura como o sedém e as esporas, além da realização de outras provas cruéis que nesses eventos ocorrem, como as que envolvem laçadas e derrubadas.

Animais tomam banho para se higienizar e repelir parasitas

Animais tomam banho para se higienizar e repelir parasitas

É praticamente impossível não se encantar com os animais, sejam eles quais forem: uma onça ou uma borboleta, cada qual possui o seu encanto. E é claro que os bichos sempre roubam a cena quando dão as caras! Uma rápida aparição de um passarinho na janela, por exemplo, já é o suficiente para atrair olhares de qualquer pessoa.

O projeto é da senadora capixaba Rose de Freitas. Foto: Pixabay

Senadora do ES quer aprovar projeto de guarda compartilhada de animais no Brasil

A guarda compartilhada de animais de estimação poderá se tornar compartilhada nos casos de dissolução do casamento ou da união estável de casais. É o que prevê o Projeto de Lei do Senado 542/2018 de autoria da senadora Rose de Freitas (Pode-ES), apresentado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal.