Ministros do STJ divergem e julgamento sobre guarda de animais é suspenso

A Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspendeu a sessão de julgamento que analisa se um animal doméstico faz parte do núcleo familiar e se seus donos, depois de separados, têm direito à guarda compartilhada e a visitas, além de dividirem o sustento do bicho. O tema dividiu os ministros na sessão desta terça-feira, 22, e o julgamento teve de ser interrompido após pedido de vista do ministro Marco Buzzi.

Portugueses podem alimentar cães e gatos abandonados através do telemóvel (celular)

Portugueses podem alimentar cães e gatos abandonados através do telemóvel (celular)

A campanha “Alimenta um Animal com o OLX” está de regresso, apelando à solidariedade dos portugueses e procurando ajudar animais abandonados ao abrigo de cinco associações, até ao próximo dia 28 de Maio. A campanha pretende sensibilizar para a problemática do abandono de animais, tendo já angariado nos anos que foi realizada, mais de 31 toneladas de ração e ajudado a que mais de 40 cães e gatos encontrassem um novo lar.

Pássaros que vivem a três mil quilômetros da civilização estão morrendo com a nossa poluição

No trailer de seu documentário Albatross, o cineasta Chris Jordan mostra imagens devastadoras de aves marinhas, cuja suas vidas foram interrompidas por causa do plástico. O documentário filmado nas ilhas Midway, norte do Oceano Pacifico, situada a três mil quilômetros do continente mais próximo, tem o objetivo de nos alertar sobre a situação desastrosa da poluição do plástico e suas inúmeras vítimas.

O trabalho no terreno passou pela colheita de amostras de anfíbios por todo o mundo | GONÇALO M. ROSA

Desvendado mistério de fungo que mata sapos e rãs

Sabe-se que emergiu de rompante e, pelas razias que fez em muitas espécies de rãs, sapos ou tritões, percebeu-se logo nos anos de 1990 que o fungo quitrídio-dos-anfíbios (Batrachochytrium dendrobatidis) era um problema grave para a conservação destas espécies – em 2009 o fungo causou pela primeira vez na Serra da Estrela um episódio de mortalidade em massa, que afetou sobretudo o sapo-parteiro.

Bois repletos de fezes e urina são mantidos em espaço superlotado (Foto: Magda Regina, médica veterinária que realizou laudo após inspeção técnica no navio NADA, no Porto de Santos, com mais de 27 mil bois)

Ministério Público Federal defende a proibição da exportação de animais vivos para abate

A exportação de animais vivos para serem abatidos no exterior viola a constituição, é um ato de crueldade e, portanto, deve ser proibida. A afirmação é do procurador regional da República na 3ª Região, Sérgio Monteiro Medeiros, que se manifestou pedindo a revalidação de liminar que impediu a saída de carga viva de todos os portos brasileiros, suspensa pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3).