Ministério Público de Portugal acusa mulher de 30 crimes de maus-tratos a animais

Ministério Público de Portugal acusa mulher de 30 crimes de maus-tratos a animais

“No essencial ficou indiciado que a arguida, desde, pelo menos, ao ano de 2015 e até ao dia 07 de novembro de 2017, deteve um número não concretamente apurado de animais na fração autónoma em que habitava, em Lisboa. Em setembro de 2017, a arguida detinha, na referida habitação, trinta canídeos”, refere uma nota publicada na página da internet da PGDL.

Patos degolados no meio de parque em São João da Madeira, Portugal

Patos e cisnes são degolados no meio de parque em São João da Madeira, Portugal

“Um crime hediondo, um cenário macabro que deixou em choque todos aqueles que viram vários patos e um ganso decapitados. É preciso apanhar os criminosos e fazê-los pagar pelo que fizeram”, afirma, indignado, Vítor Barros, presidente da associação animal Anifeira, após saber da morte dos animais no Parque Urbano do Rio Ul em S. João da Madeira.