Cemitérios viram ponto de ‘descarte’ de cães e gatos em Londrina, PR

Cemitérios viram ponto de ‘descarte’ de cães e gatos em Londrina, PR

Na surdina e de modo planejado. Assim agem as pessoas que tem usado os cemitérios da cidade para deixar de lado animais que julgam não ter mais importância em suas rotinas. No Cemitério Jardim da Saudade, região norte de Londrina, é comum encontrar animais perambulando pelos túmulos, como conta Luís Mariano, 53 anos, que atua há 20 como pedreiro particular no local.

Prefeitura de Pinhais (PR) realiza mais um mutirão de castração

No último dia 5 de dezembro foi realizado em Pinhais, mais um Mutirão de Castração. Desta vez 165 animais entre cães e gatos, de ambos os sexos, foram castrados. A iniciativa da Prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, foi direcionada ao público que já havia se cadastrado previamente para realização do procedimento cirúrgico de forma gratuita e também para as protetoras devidamente cadastradas.

Apucarana (PR) registra média de 20 casos de maus-tratos de animais por mês

Apucarana (PR) registra média de 20 casos de maus-tratos de animais por mês

A morte de um cachorro após ser espancado por um segurança, no estacionamento do hipermercado Carrefour em Osasco, em São Paulo, causou grande repercussão nacional. O caso do cão Manchinha levantou a discussão sobre a necessidade de conscientizar a população e punir com mais rigor os crimes contra animais. Em Apucarana, cerca de 20 cães e gatos em situação de abuso e maus-tratos são resgatados por mês pela Sociedade Protetora dos Animais de Apucarana (Soprap), o equivalente a 240 por ano.

Em Ponta Grossa, ganso de estimação tem pescoço quebrado por assaltantes

Em Ponta Grossa, ganso de estimação tem pescoço quebrado por assaltantes

Em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais, a 103 quilômetros de Curitiba, mais um caso de maus tratos a animais chamou a atenção nas redes sociais. Desta vez, o ganso de estimação de uma veterinária teve o pescoço quebrado e o corpo jogado dentro de uma churrasqueira durante um assalto o ocorrido na noite desta sexta-feira, 7.

Foto ilustrativa / Pixabay

ONG Vida Animal pode ter abastecimento de água cortado por atraso de pagamentos

A ONG Vida Animal está pedindo a ajuda dos moradores de Foz do Iguaçu, no PR, para resolver dois problemas urgentes: saldar as contas de água, que estão atrasadas há três meses, e regularizar o aluguel do imóvel onde os animais ficam recolhidos. Só com a Sanepar, a dívida é de R$ 3,5 mil e se o valor não for pago, a partir de segunda, vai faltar água potável na casa da voluntária que abriga parte dos animais retirados das ruas.