Foi realizada panfletagem com informações acerca de crimes ambientais (Fotos: Portal Infonet)

Agressão a animais está entre crimes ambientais mais denunciados em Sergipe

Nesta terça-feira, 5 de junho, data que marca o Dia Internacional do Meio Ambiente, a Polícia Civil realizou uma ação para informar à população sobre a atuação da Secretaria de Segurança Pública (SSP) no combate à crimes que afetam a natureza. Agressões a animais e destruição de áreas de preservação permanente são alguns dos delitos investigados.

O pixoxó é uma ave ameaçada de extinção. (Foto: MPF)

FPI/SE resgata 1.632 animais silvestres em sua 4ª edição

Durante a 4ª etapa da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (FPI/SE), os técnicos da equipe Fauna percorreram nove municípios com a missão de sensibilizar as pessoas a fim de diminuir a captura, comercialização e manutenção em cativeiro de animais silvestres.

Foto: André Moreira/Equipe JC

Justiça proíbe venda de animais vivos no Mercado Thales Ferraz, em Aracaju, SE

A vereadora Kitty Lima (Rede) esteve na Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) para cobrar a execução da decisão judicial que proíbe a venda de animais vivos no Mercado Thales Ferraz, em Aracaju. O órgão já foi informado da decisão e recebeu prazo de 15 dias úteis, a partir da notificação, para cumprir a liminar.

Até agora são 111 animais, entre cães e gatos, cadastrados no programa (Foto: Pixabay)

Castramóvel registra muitas ausências em Aracaju, SE

A Prefeitura de Aracaju, através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), tem registrado muitas ausências de animais nos atendimentos do Castramóvel. No bairro Santa Maria, somente 37 cães e gatos apareceram nos dias marcados para a consulta, e destes apenas 24 compareceram ao dia cirurgia de castração. Até agora são 111 animais, entre cães e gatos, cadastrados no programa.

O animal está recebendo medicação e tratamento adequado - Foto: FMA

Peixe-boi marinho ‘Astro’ apresenta melhora após atropelamento por embarcação

O peixe-boi marinho “Astro”, atropelado recentemente por uma embarcação motorizada entre o litoral sul de Sergipe e norte da Bahia, está sendo monitorado diariamente pela Fundação Mamíferos Aquáticos (FMA), por meio das equipes do Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho (PVPBM) – uma estratégia de conservação e pesquisa da FMA para evitar a extinção desta espécie no Nordeste do Brasil – e do Subprograma Regional de Monitoramento de Encalhes e Anormalidades -PRMEA[i] (realizado pela FMA e Instituto de Tecnologia e Pesquisa – ITP).