Meu resgate – Olhar Animal

Milagre de Natal

A maioria das pessoas vive alheia ao grande drama dos animais maltratados. Muitas acreditam, iludidas, que existem políticas públicas eficientes para protegê-los, ou que as iniciativas voluntárias independentes, como ongs, sempre endividadas e superlotadas, conseguem oferecer um grau razoável de proteção aos bichinhos. É só no dia em que se defrontam diretamente com um caso de abandono que a cruel realidade os atinge: praticamente só podemos contar com nossa própria consciência e boa vontade para salvá-los.

O desafio de Sansão

O desafio de Sansão

Quem ainda vive fora da realidade dos animais abandonados pensa que existem soluções fáceis e eficientes para socorrer os animais abandonados. Nada poderia ser menos verdade, e aqueles que têm olhos para ver a triste situação dos bichos urbanos sabem muito bem.

Brasinha (ou de quando me sinto uma pessoa boa)

Brasinha (ou de quando me sinto uma pessoa boa)

Mesmo depois de anos, a lembrança continua vívida. Ao chegar à reunião da APATA CE, associação de proteção onde atua em Fortaleza, Iolanda Lene soube que estava ali um gato preto. O pior foi descobrir que ele havia sido amarrado aos trilhos de trem por pessoas doentes, que queriam se divertir vendo o que aconteceria.

Visitante noturno

Visitante noturno

Sem sossego nem em sonhos, assim é a vida do defensor dos animais. Assim é também a vida da Zehilda, 64 anos. Eram 4h da madrugada quando ela despertou assustada, ouvindo ruídos que vinham do alto da casa. “Era um barulho muito forte, parecia que uma pessoa andava por ali”, lembra.