Após nova morte de surfista, Kelly Slater pede 'abate' de tubarões em ilha francesa

Após nova morte de surfista, Kelly Slater pede ‘abate’ de tubarões em ilha francesa

Onze vezes campeão mundial e considerado o maior nome do surfe na história, Kelly Slater é uma unanimidade para quem defende esportes aquáticos. Porém, por causa de uma polêmica declaração, ele criou problemas com ambientalistas e está recebendo muitas críticas por isso. Na ocasião, o norte-americano estava lamentando a morte do surfista Alexandre Naussance, de 26 anos, vítima de um ataque de tubarão na Ilha Reunião, na França e defendeu que a espécie fosse “abatida” do local.

Zoológico japonês sacrifica 57 macacos para proteger espécie nativa

Zoológico japonês sacrifica 57 macacos para proteger espécie nativa

O zoológico Takagoyama Nature Zoo, em Chiba, na periferia de Tóquio, sacrificou 57 macacos após a descoberta de que eles eram portadores de genes de espécies “exóticas”, informaram autoridades nesta terça-feira. O instituto abrigava 164 animais que eram considerados macacos japoneses puros, uma espécie endêmica do arquipélago, mas exames apontaram que cerca de um terço deles era descendente de cruzamentos com macacos rhesus.

Plano Lobo. A tensão aumenta: dia 23 haverá manifestações em Roma

Plano Lobo. A tensão aumenta: dia 23 haverá manifestações em Roma

“Com o engodo da retirada da caça ou da contenção controlada, já foram mortos veados, lontras, lobos, javalis e outras espécies selvagens alegando-se superpopulação destes animais. Agora o Governo pretende autorizar também o abate de lobos famintos que estão atacando rebanhos dos criadores de gado, após o extermínio de suas presas naturais por causa da caça, da caça de exceção e da caça furtiva”. E’ o que diz a nota do Partido Animalista Europeu.

Projeto reabre caça à lobos e causa polêmica na Itália

Projeto reabre caça à lobos e causa polêmica na Itália

O Ministério do Meio Ambiente da Itália junto com representantes regionais decidiram aprovar o plano para a conservação e gestão dos lobos, que prevê a possibilidade de reabrir a caça a esses predadores, e provocou uma revolta entre as associações que defendem os direitos dos animais.   

Argentina quer exterminar 100 mil castores que devastam floresta

Autoridades da Argentina pretendem abater os 100.000 castores que estão roendo e derrubando as árvores da província de Terra do Fogo, no extremo sul da Patagônia. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira pelo Ministério do Meio Ambiente argentino. Os animais já destruíram uma área de bosques equivalente ao dobro do tamanho da cidade de Buenos Aires, cerca de 406,6 quilômetros metros quadrados, aproximadamente.