A crueldade animal e o novo golpe da bancada ruralista

As práticas adotadas pelo Brasil para a exportação de animais vivos já foram parar na Justiça por diversos grupos de defesa animal, devido às condições precárias onde milhares morrem pelo caminho: por fome, sede, fraturas, hipotermia, falta de ventilação, acidentes, infecções e uma vasta gama de crueldade envolvendo o transporte marítimo de gado vivo.

Póvoa de Varzim: fim das touradas no concelho

Póvoa de Varzim: fim das touradas no concelho

A Assembleia Municipal da Póvoa de Varzim aprovou uma proposta do executivo camarário para que sejam proibidas as corridas de touros e outros espetáculos que envolvam violência animal na área do município.

Apenas os deputados do CDS e três do PSD votaram contra. PS, CDU, Bloco, Pan e o resto da bancada do PSD votaram a favor da proibição de espetáculos tauromáquicos no concelho da Póvoa de Varzim, em Portugal.

Veículo contribui para a melhoria da saúde pública – Foto: Divulgação

Projeto quer ampliar o número de castrações gratuitas de cães e gatos nas cidades paranaenses

Minimizar os problemas de superpopulação de cães e gatos semi domiciliados ou em situação de abandono nas ruas de cidades paranaenses e promover equilíbrio entre saúde pública e bem-estar dos bichos são as propostas do Castramóvel, veículo adaptado para a esterilização animal gratuita, e que está sendo levado aos municípios paranaenses em parceria com as prefeituras e instituições protetoras.

Farmácia popular atenderia gratuitamente animais domésticos de famílias carentes de Goiás. (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Projeto de lei discute criação de farmácia para animais doméstico de famílias de baixa renda, em Goiás

Poderiam ter acesso gratuito aos remédios famílias com renda mensal total de até três salários mínimos. Segundo autor da iniciativa, questão também é de saúde pública.

Um projeto de lei que tramita na Assembleia Legislativa de Goiás levanta a discussão em favor da criação de uma farmácia popular para animais domésticos. O objetivo é evitar que os pets de famílias carentes morram por falta dos remédios necessários. A iniciativa seria colocada em prática junto com outras medidas já propostas.

Lei aprovada pela AL prevê esterilização de cães e gatos recolhidos pelo poder público e destinação para adoção (Foto: Divulgação)

Lei que proíbe o extermínio de cães e gatos e determina identificação por meio microchips é aprovada em MT

Lei prevê identificação e armazenamento de dados de cães e gatos no estado, bem como esterilização e disponibilidade de adoção no caso dos animais resgatados pelo poder público.

Foi aprovada nessa quarta-feira (11) a lei que proíbe o extermínio de cães e gatos para fins de controle populacional e que determina que estado e municípios promovam a identificação desses animais por meio de microchips implantados sob a pele, a fim de identificá-los, relacioná-los com seu responsável e armazenar dados relevantes sobre a saúde deles.