Vergonha alheia: Salvar animais da rua vai dar multa até 5.000 euros na Galiza, Espanha

O Parlamento da Galiza aprovou uma lei que está a enfurecer as associações de proteção animal e alguns partidos políticos. O artigo 39.º da Lei de Proteção e Bem-estar Animal prevê multas, entre os 500 e os 5.000 euros, para quem salvar das ruas um cão ou um gato sem ter uma licença emitida pelas autoridades.

LEIA MAIS Vergonha alheia: Salvar animais da rua vai dar multa até 5.000 euros na Galiza, Espanha

Cortar o rabo de cães será ilegal na Espanha

Na Espanha já é proibido amputar as caudas de cães nas comunidades autônomas de Aragão, Andaluzia, Catalunha, Comunidade Valenciana, Murcia, Madri e Navarra. No restante das comunidades autônomas existe uma brecha legal e ainda se permite a mutilação, mas isso durará por muito pouco tempo, pois o Senado retificou o Convênio Europeu de Proteção de Animais de Companhia – assinado em Estrasburgo em 1987 -, que proíbe a amputação dos rabos e orelhas de animais por razões estéticas.

LEIA MAIS Cortar o rabo de cães será ilegal na Espanha
“Lei Zero” contra os maus-tratos animal chega ao Congresso espanhol

“Lei Zero” contra os maus-tratos animal chega ao Congresso espanhol

O Partido animalista PACMA, que chegou muito próximo de conseguir um assento no Parlamento espanhol nas eleições de 2016, passou muitos anos lutando para garantir os direitos dos animais e erradicar as práticas de maus-tratos. Em 2017, eles conseguiram aprovar a eliminação de mutilações em animais e agora seu projeto mais ambicioso é a Lei Zero, que chegou ao Congresso espanhol.

LEIA MAIS “Lei Zero” contra os maus-tratos animal chega ao Congresso espanhol