MG uberaba foto galos uberaba thumb

Suspeitos de tráfico e maus-tratos a galos são detidos em Uberaba, MG

PM encontrou suspeitos em um imóvel no Bairro Abadia. Militares apreenderam entorpecentes e dinheiro.

MG uberaba foto galos uberabaDuas pessoas foram detidas e uma outra conduzida para esclarecimentos na manhã desta quarta-feira (25) em Uberaba, suspeitas de tráfico de drogas e de manter galos em situação de maus-tratos, conforme as primeiras informações da Polícia Militar (PM).

Os suspeitos foram localizados em um imóvel no Bairro Abadia. As idades não foram informadas. A polícia informou que o imóvel, onde também funciona um estabelecimento comercial, estava sendo monitorado há algumas semanas. Os militares apreenderam cerca de 2 kg de entorpecentes, um revólver e R$ 4.000 em dinheiro. Ainda segundo a PM, também foram encontrados oito galos com sinais de maus-tratos, sem alimento e água.

Fonte: G1

PA prainha rinha0

PM e PC flagram rinha de galo em Prainha (PA) e levam 20 à delegacia

Policiais chegaram ao local após denúncia anônima. Seis galos de R$ 1 mil cada foram apreendidos.

PA prainha rinha1

Pelo menos 20 pessoas irão responder na justiça por maus-tratos contra animais. O grupo foi flagrado pelas polícias Civil e Militar no sábado (21), no município de Prainha, oeste do Pará, após uma denúncia anônima de que estavam promovendo briga de galo.

PA prainha rinha2

De acordo com o delegado de Polícia Civil, Eduardo Lima, foram apreendidos: seis galos avaliados cada um em R$ 1 mil, anabolizantes – utilizados para aplicar nos galos, um ringue de galo e oito munições de calibre 20, sendo que duas estavam estouradas. “Chegando no local constatamos que a denúncia era verídica e fizemos a apreensão. (…) No momento em que as polícias civil e a militar chegaram no local diversas pessoas saíram correndo gritando: ‘Polícia! Polícia!’. Quase que todos se evadiram, depois foram chegando, se explicando, dando suas versões e foram todos detidos e encaminhados para a delegacia do município”.

Lima colheu o depoimento do grupo e os autuou pelo crime de maus-tratos de animais. Devido ser um crime de menor potencial ofensivo, todos foram liberados após a assinatura dos termos.

A delegacia de Prainha vai entrar em contato com o Ibama em Santarém para saber quais procedimentos adotar quanto aos animais apreendidos.

Fonte: G1

Polícia Civil apreende mais de 150 galos de rinha em Sapiranga, RS

Através de denúncias anônimas e com um mandado de busca e apreensão em mãos, a Polícia Civil de Sapiranga apreendeu na manhã desta quinta-feira (12), uma criação de mais de 150 galos de rinha no Bairro São Luiz, em Sapiranga.

Maus-tratos

Uma avaliação preliminar dos policiais apontou que os animais sofrem maus-tratos e seriam usados em rinhas – prática proibida no país. Também havia um rinhadeiro no local (estrutura onde ocorre a briga entre os galos). O crime ambiental era praticado nos fundos de uma residência, localizada na Rua Alzira Valesca Lampert. Não havia ninguém na casa.

De acordo com o delegado da Polícia Civil de Sapiranga, Fernando Branco, existem elementos suficientes para comprovar a denúncia. O dono da residência, que ainda não foi localizado, irá responder um termo circunstanciado. A Polícia Civil aguarda o Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura para fazer a apreensão dos animais no local.

Fonte: Plantão RS

PR curitiba galo-rinha thumb

Rede de Proteção Animal apreende galos de rinha em Curitiba

Uma denúncia de maus-tratos contra animais, feita via fone 156 da Prefeitura de Curitiba, levou a Rede de Proteção Animal da Secretaria Municipal de Meio Ambiente a flagrar um criadouro clandestino no bairro Fazendinha. Foram apreendidos oito galos utilizados para rinha, que estavam vivendo em situação precária. A operação foi realizada de forma conjunta com a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente e Guarda Municipal. O flagrante aconteceu nesta quarta-feira (28).

PR curitiba galo-rinha

O responsável pela residência onde estavam os animais foi autuado por crime de maus tratos e notificado para prestar esclarecimentos na Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente. Ele está sujeito a multa e detenção. Os animais apreendidos estavam machucados e, no local, havia uma rinha de treino, o que caracteriza a prática criminosa.

Por terem sido condicionados a brigar, os galos não podem mais conviver com outras aves no mesmo ambiente e, por isso, ficarão sob monitoramento da Proteção Animal. Durante alguns dias, técnicos da Rede irão avaliar a condição individual de cada um dos animais.

“Continuaremos agindo de forma implacável no combate a maus tratos, criação e venda clandestina de animais”, disse o coordenador da Rede de Proteção Animal da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Paulo Colnaghi.

Legislação

A apreensão dos galos foi realizada com base na Lei Municipal 13.908/2011, que estabelece sanções e penalidades administrativas para aqueles que praticarem maus-tratos aos animais. A Lei em seu Artigo 2º define por maus-tratos contra animais toda e qualquer ação decorrente de imprudência, imperícia ou ato voluntário e intencional, que atente contra sua saúde e necessidades naturais, físicas e mentais. Conforme estabelecido no parágrafo VIII, fica proibida a utilização dos animais em confrontos ou lutas, entre animais da mesma espécie ou de espécies diferentes.

No Artigo 16º, parágrafo 3º, a lei determina na constatação da falta de condição mínima, para a manutenção do animal sob a guarda do infrator, fato este constatado no ato da fiscalização pela autoridade competente, fica autorizado o Município a remoção do mesmo, se necessário com o auxílio de força policial. Caberá ao Município promover a recuperação do animal (quando pertinente) em local específico, bem como destiná-lo para a adoção, devidamente identificado.

Fonte: CBN Foz / Prefeitura Municipal de Curitiba

sp piratininga rinha0

Homem pode ser preso e multado em R$ 93 mil por manter rinha de galo em Piratininga, SP

Homem pode ser preso e multado em R$ 93 mil por manter rinha de galo em Piratininga, SP

Por Francisco Brunelli

sp piratininga rinha1

Galos em situação de maus-tratos foram localizados pela Polícia Militar Ambiental no interior de uma chácara, em Piratininga (13 quilômetros de Bauru), no final da tarde de terça-feira (20). Existe a suspeita de se tratar de uma rinha de galo.

Um homem foi autuado em flagrante por maus-tratos de animal domesticado e responderá processo em liberdade. Um deles criminal, da Polícia Civil, e outro administrativo, da Polícia Ambiental.

Neste último, foi elaborado um auto de infração ambiental no valor de R$ 93 mil. Caso condenado, o acusado poderá receber pena de três meses a um ano de detenção.

Foram encontrados viveiros de madeira com 31 galos índios, muitos deles estressados, machucados, sem água e comida suficiente.

O médico veterinário elaborou um laudo em apoio ao policiamento ambiental. Próximo dos viveiros também foram localizadas mais 17 esporas de plástico e 11 biqueiras de couro.

Fonte: JCNET

RS pontao rinha0

Comando Ambiental de Carazinho localiza rinha de galo em Pontão, RS

RS pontao rinha1

Uma guarnição do 2º Grupo de Policia Ambiental de Carazinho com apoio do efetivo do 3º Batalhão ambiental de Passo Fundo, atendendo a uma denúncia anônima compareceu neste domingo na localidade Sagrisa, interior do município de Pontão, onde foi constatado flagrante de atividade de rinha de galo em uma propriedade rural.

No local estavam presentes 48 pessoas e 27 veículos de passeio. Conforme o Comando da Operação, foram apreendidos 31 galináceos e demais materiais utilizados na atividade de rinha de galo como agulhas, seringas, biqueiras, tesouras, medicamentos, lixas, esporas, balança eletrônica, entre outros.

Foi confeccionado termo de apreensão, nomeado como fiel depositário dos galos e do rinhador o proprietário identificado. Também foram confeccionados três termos circunstanciados que encaminhados ao Poder Judiciário de Passo Fundo.

RS pontao rinha2

Fonte: Gazeta 670

RS passo fundo rinha copy

Batalhão Ambiental estoura rinha de galo em Linha Sagrisa (RS)

No local foram identificadas 48 pessoas e 27 veículos de passeio.

Durante a tarde de ontem, integrantes do 3° Batalhão Ambiental estouraram na localidade de Linha Sagrisa, interior do município de Pontão,um ponto de atividade de Rinha de Galo. A ação que foi desencadeada contou com o apoio de guarnições de Carazinho e Nonoai.

No local foram identificadas 48 pessoas e 27 veículos de passeio. Foram apreendidos 31 galináceos e demais materiais utilizados na atividade de rinha de galo como: agulhas, seringas, biqueiras, tesouras, medicamentos, lixas, esporas, balança eletrônica, entre outros, conforme termos de apreensão, confeccionado no local, além de um Termo Circunstanciado por maus-tratos.

A ocorrência foi remetida ao Poder Judiciário com cópia ao Ministério Público de Passo Fundo.

RS passo fundo rinha

RS passo fundo rinha 2

RS passo fundo  rinha 3

Fonte: Rádio Uirapuru

MG pousoalegre rinha0

Dono de rinha de galo é preso em flagrante pela Polícia do Meio Ambiente em Pouso Alegre, MG

Após denúncia, autor é preso desmontando rinha de galo

Na última sexta-feira (09), a Polícia Militar de Meio Ambiente, atendeu uma denúncia anônima sobre maus-tratos a animais domésticos através de rinha de galo.

Segundo a PM, a denúncia os deslocou até o bairro Canta Galo, em Pouso Alegre. Já no local, os Militares depararam com o autor desmontando uma estrutura utilizada para prática de rinha de galos e vários objetos utilizados para preparar os animais para a referida atividade.

Ainda segundo informações da Polícia do Meio Ambiente, o autor tentou negar a prática, no entanto foram encontradas penas e vestígios de sangue dentro da referida estrutura.

A PM também encontrou um galo debilitado e com vários ferimentos pelo corpo, enquanto na parte externa da residência foram encontrados mais 23 galos em baias de madeira.

MG pousoalegre rinha1

Diante do exposto, foi dada voz de prisão em flagrante delito ao autor, sendo conduzido até a presença da autoridade policial juntamente com os materiais. As 24 aves (galos) foram apreendidas, incluindo o animal que apresentava ferimentos.

Informações: Assessoria de Comunicação Organizacional da 17ª Cia PM Ind MAT

Fonte: Alô Alô Cidade

RJ miracema rinha0

CPAM detém 14 pessoas praticando rinha de pássaros em Miracema, RJ

Por Adriana Petersohn Cardoso

RJ miracema rinha1

Na manhã deste domingo (11/01), policiais militares da Unidade de Polícia Ambiental do Desengano (UPAm Desengano), encontraram após uma denúncia anônima, um local onde eram realizadas rinha entre canários da terra. O “esporte” era praticado em um sítio chamado Retiro Saldoso na RJ 116, altura do Km 07 no município de Miracema no interior do estado. Foram apreendidos 100 canários da terra, 34 transportes para as aves, 6 gaiolas passeador, 9 caixas de transporte e 1 balança de precisão. Quatorze (14) pessoas envolvidas na rinha foram detidas e conduzidas para a 137ª DP onde o caso foi registrado. Grande parte dos acusados não apresentou licença de órgão ambiental que permitisse a posse dos pássaros. Após o registro da ocorrência, os pássaros foram encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) em Seropédica onde receberão tratamento adequado para que sejam devolvidos à natureza.

O Comando de Polícia Ambiental pede que a população continue contribuindo com informações, entrando em contato com o Disque Denúncia através dos telefones: (21) 2253-1177 (capital) ou 0300 253-1177 (interior), ou ainda pelo telefone do próprio CPAm: (21) 2334-7634.

Fonte: PM do Estado do RJ

RO ji-parana galos de briga thumb

Polícia apreende mais de 50 galos usados para briga, em Ji-Paraná, RO

Lei municipal proíbe a criação de aves na zona urbana. Tutor dos animais disse que cria galos por ‘hobby’.

Por Samira Lima

RO ji-parana galos de briga

Um homem de 54 anos foi penalizado, nesta sexta-feira (9), por maus-tratos a animais, em Ji-Paraná (RO), cidade localizada a 374 quilômetros de Porto Velho. Denúncias de vizinhos afirmaram que muitos galos da raça índio eram utilizados em rinhas, e estavam sendo criados sem mínimas condições de higiene, no quintal de uma residência na Rua Iapó, no Bairro Novo. No município, o artigo nº9 da lei municipal nº 1264, aprovada em 2003, diz que fica vetada a criação de aves na área urbana.

O Centro de Zoonoses foi acionado juntamente com a Polícia Militar Ambiental. Chegando ao local, encontraram 34 galos, 12 pintos e seis galinhas, todos apresentando sinais de maus tratos, desnutrição e lesões. Os animais estavam em gaiolas individuais escuras, sem água, comida, e 17 apresentavam mutilações, como esporas cortadas.

RO ji-parana galosDe acordo com a Polícia Ambiental, quando o animal é mutilado, recai sobre o infrator multa de R$ 500 a R$ 3.000,00 por animal, além da pena de um a três anos de detenção por maus tratos. No local também foi encontrada uma caixa de madeira, que teria sido usado durante as rinhas, segundo ocordo o boletim de ocorrência.

O suspeito já foi notificado outras vezes pelo mesmo tipo de crime. A polícia afirma que os vizinhos reclamavam frequentemente da sujeira e das rinhas, porém, no momento da apreensão, nada configurou a briga de galos. Quando questionado sobre o motivo de manter os animais em péssimas condições, o infrator disse que “cria os bichos por hobby”. Os animais serão tratados pelo Centro de Zoonoses e depois encaminhados a alguma propriedade na zona rural.

Fonte: G1