Touro se feriu durante montaria, foi removido e atendido em Hospital Veterinário de universidade, em São José do Rio Preto, onde foi eutanasiado (Reprodução). Touro se feriu durante montaria, foi removido e atendido em Hospital Veterinário de universidade, em São José do Rio Preto, onde foi eutanasiado (Reprodução).

Touro tem fraturas em montaria e reacende polêmica de rodeios

Após acidente, touro foi transferido para Hospital Veterinário de universidade em S. J. do Rio Preto.

Durante as provas de montarias em touro, no evento Adamantina Rodeo Festival, realizado semana passada na cidade, um touro fraturou as duas patas traseiras e o caso reacendeu a polêmica em torno dos rodeios.

Foto: Tulio Santos/EM/DA Press

Pelo segundo ano consecutivo, realização de vaquejada é suspensa pela Justiça

A 48ª Vaquejada de Governador Valadares está impedida, pelo segundo ano consecutivo, de acontecer. Após ser autorizada pela 1ª Vara Cível da comarca da cidade do Vale do Rio Doce, foi a vez do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) bater o martelo e conceder efeito suspensivo ao evento. A multa estabelecida no dia 12 de junho pelo desembargador Renato Dresch, caso a decisão não seja respeitada, é de R$ 30 mil ao dia. Evento teria início nessa quinta-feira.

No ano passado, o evento já tinha sido proibido. / Reprodução

Justiça proíbe novamente vaquejada em Governador Valadares, MG

A 48º Vaquejada de Governador Valadares não será realizada nos dias 14 a 17 junho deste ano, no parque de exposições da cidade, localizada no Rio Doce, por causa de uma liminar do Ministério Público de Minas. De acordo com a decisão do desembargador Dárcio Lopardi Mendes, a multa será de R$30 mil, por dia, caso a setença não seja cumprida. “Não se pode admitir que os animais sejam submetidos a maus-tratos apenas por diversão”, afirma o desembargador.