Foto: Tulio Santos/EM/DA Press

Pelo segundo ano consecutivo, realização de vaquejada é suspensa pela Justiça

A 48ª Vaquejada de Governador Valadares está impedida, pelo segundo ano consecutivo, de acontecer. Após ser autorizada pela 1ª Vara Cível da comarca da cidade do Vale do Rio Doce, foi a vez do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) bater o martelo e conceder efeito suspensivo ao evento. A multa estabelecida no dia 12 de junho pelo desembargador Renato Dresch, caso a decisão não seja respeitada, é de R$ 30 mil ao dia. Evento teria início nessa quinta-feira.

No ano passado, o evento já tinha sido proibido. / Reprodução

Justiça proíbe novamente vaquejada em Governador Valadares, MG

A 48º Vaquejada de Governador Valadares não será realizada nos dias 14 a 17 junho deste ano, no parque de exposições da cidade, localizada no Rio Doce, por causa de uma liminar do Ministério Público de Minas. De acordo com a decisão do desembargador Dárcio Lopardi Mendes, a multa será de R$30 mil, por dia, caso a setença não seja cumprida. “Não se pode admitir que os animais sejam submetidos a maus-tratos apenas por diversão”, afirma o desembargador.