Homem se arrisca e pula no mar para salvar cão de afogamento em SP; vídeo

Homem se arrisca e pula no mar para salvar cão de afogamento em SP; vídeo

Um cachorro foi resgatado de dentro do Canal do Porto de Santos, no litoral paulista, horas depois de fugir de casa. Ele acabou caindo no mar após, sem rumo, invadir o terminal da travessia de passageiros entre Santos e Guarujá. O registro da ação foi obtido pelo G1 na manhã desta quarta-feira (17). Ninguém se feriu durante o resgate do animal.

Cão ferido rastejou para uma propriedade esperando para morrer. Você não vai acreditar em como ele está agora!

Cão ferido rastejou para uma propriedade esperando para morrer. Você não vai acreditar em como ele está agora!

Nós dissemos uma vez e vamos dizer de novo, o trabalho da organização Animal Aid Unlimited é nada menos que um milagre. Eles fizeram sua mágica mais uma vez depois de receberem um telefonema referente a um cachorro ferido escondido em uma propriedade. Quando a equipe de resgate chegou ao local, puderam ver exatamente por que esse pobre filhote queria ficar sozinho, ele estava com tanta agonia que estava desistindo.

Professora Arlete Falco, de 64 anos, e o sapo Eustáquio em Itumbiara — Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Professora ‘adota’ sapo que perdeu movimento das patas após ser mordido pelo cão dela, em Itumbiara, GO

A professora aposentada Arlete de Falco, de 64 anos, “adotou” um sapo que perdeu o movimento das patas traseiras na casa em que ela vive, em Itumbiara, na região sul de Goiás. Ela conta que o anfíbio já fazia companhia para ela há dias, aparecendo na frente da casa, até que na última sexta-feira (12) pareceu não conseguir se mover. Segundo ela, um dos cachorros da casa, o labrador Teddy, mordeu o bichinho e, se sentindo responsável, passou a cuidar dele.

Gata paraplégica precisa de ajuda em Londrina, PR

Gata paraplégica precisa de ajuda em Londrina, PR

Mikaela Cristina do Nascimento Molari (20), que reside no Jardim Capricórnio e estuda Medicina Veterinária na Unifil, em Londrina, adotou uma gatinha paraplégica há aproximadamente um ano. Chamada de Sofia, a felina foi abandonada no sítio dos seus pais, no distrito do Bartira.