Testes científicos – Olhar Animal
Coelho é preparado para teste na China (Foto: Reuters/Stringer)

Lei que proíbe teste de cosméticos em animais entra em vigor em Minas

Nova legislação foi promulgada pelo presidente da Assembleia Legislativa.

A lei que proíbe o uso de animais para desenvolvimento, experimento e teste de perfumes e produtos cosméticos e de higiene pessoal em Minas Gerais já está em vigor. A legislação passou a valer, nesta quinta-feira (26), com a publicação no Diário do Legislativo.

Como não existem definições legais dos termos “cruelty-free” e “não testado em animais”, parece que as marcas podem interpretar os termos como quiserem. (Emilija Manevska via Getty Images)

Por que o selo ‘cruelty free’ nem sempre é verdadeiro em alguns cosméticos

Ainda existe esperança de um futuro com cosméticos que não envolvam maus-tratos de animais.

A indústria da beleza testa seus produtos em animais há anos. Essa prática ainda se mantém, apesar de muitas marcas terem adotado métodos ditos cruelty-free (livres de crueldade, ou seja, que não envolvem tratamento cruel de animais).