Cavalo sofre maus-tratos pelo tutor e morre em rua do Gama, DF; moradora se revolta, pediu socorro a vários órgãos do Governo, mas nada conseguiu; vídeo

O cavalo morreu em plena rua da Quadra 4 do Setor Oeste do Gama. Eram 16 horas desta sexta (15/6), quando a moradora, ao passar pelo local, se indignou com a postura do cavaleiro que, ao ver o animal cair de exausto e como se tivesse tendo um ataque cardíaco, pois vinha de muito longe —do curral do Núcleo Bandeirante— avançou sobre o bicho e o surrou. A moradora protestou, mas nada adiantou.

Angustiada, ela diz que ligou várias vezes para a polícia, no número 190, mas era informada que nada poderiam fazer.

Ligou também para o IBAMA. E para a Polícia Ambiental, mas foi comunicada que nada poderiam fazer, sequer recolher o animal.

Até para o Zoológico ela ligou, mas quando consegui falar já era tarde, o cavalo havia morrido. Morreu, o dono retirou a sela, jogou nos ombros e partiu, deixando o cavalo estendido no chão.

O vídeo acima mostra cenas do ocorrido. Infelizmente (ou felizmente?) o momento em que o cavaleiro batia no cavalo espichado no chão não foi filmado pela moradora que, esclareça-se, é conhecida do editor do Blog Gama Livre. Ela, claro, antes de filmar foi pra cima do dono do cavalo para tentar fazer com que ele parasse com os maus-tratos. Só depois de alguns momentos é que ela começou a gravar.

E o cavalo morreu!!!

Por Taciano

Fonte: Gama Livre 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.