Centenas de cachorros e gatos doentes vivem em um abrigo de animais em Bangkok, Tailândia

Centenas de cachorros e gatos doentes vivem em um abrigo de animais em Bangkok, Tailândia

O Watchdog Thailand, grupo de direito dos animais, compartilhou fotos da condição apavorante do abrigo de animais Bangkok Prawet. As imagens e o vídeo mostram animais doentes e aflitos, amontoados em gaiolas de metal, com os poucos saudáveis que vivem em pequenas tocas.

O jornal Khaosod English relata que o “Watchdog Tailand” diz que cerca de 400 gatos e cães morreram em suas duas semanas de trabalho dentro do abrigo em novembro. Declara que cerca de sete em cada dez, das centenas de animais, contraíram várias doenças.

O grande volume de animais no abrigo segue os esforços recentes da Prefeitura para capturar os animais abandonados na cidade. A pressão pesada dos grupos de direitos dos animais ajudou a parar a captura, cerca de 700 animais eram mantidos no abrigo.

O abrigo disse à mídia que tem pessoal suficiente para o trabalho (5 veterinários todos os dias) e que as condições não são tão ruins, como afirmado pelo grupo Watchdog. Admitem ter alguns problemas com doenças, mas alegam que tudo está sob controle e que o grupo veio em um momento infeliz quando vários animais com aparência ruim chegaram ao abrigo.

A veterinária Patharanan Sajjarom, do Watchdog, tem avaliado os animais, cuja quantidade a levou a fechar sua clínica particular por quase um mês. Patharanan disse que, em 11 anos de prática, ela nunca viu tantos animais sofrendo de desidratação, feridas e doenças.

“Se eles fossem humanos, seria como ter Influenza, que já é ruim, mas então você também tem dengue e hepatite B. Nós raramente vemos esse tipo de combinação, seja em animais de estimação ou abandonados”, disse Patharanan Sajjarom.

Devido à forte pressão do grupo de ativistas, o Watchdog Tailândia será capaz de trabalhar com as autoridades pela primeira vez para melhorar o bem-estar dos animais, priorizando as condições sanitárias e equipamentos melhores antes que mais animais sejam colocados lá.

O abrigo Prawet diz que a administração criará uma comissão especial, incluindo membros do Watchdog para supervisionar as políticas relativas a animais de rua. Uma vez criado, eles vão se apressar para organizar um grande dia de limpeza com a intenção de abrir o abrigo para todos.

Os membros do Watchdog iriam se reunir com autoridades municipais no dia 8 de Janeiro para discutir políticas futuras.

Fotos: Watchdog Thailand

Tradução de Fátima Cristina de Góes Maciel

Fonte: The Thaiger

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.