'Centro de Zoonoses está sucateado e serve de cabide de emprego', diz vereadora de Arapiraca, AL

‘Centro de Zoonoses está sucateado e serve de cabide de emprego’, diz vereadora de Arapiraca, AL

A vereadora Sinielza Pessoa (PSD) irmã do deputado estadual Severino Pessoa, deu o tom da tribuna da Câmara Municipal dessa terça-feira (06) de como vai se posicionar a partir de agora em relação a gestão tucana do prefeito Rogério Teófilo (PSDB).

Em pronunciamento forte e contundente, a vereadora teceu duras críticas a atuação do Centro de Zoonoses de Arapiraca A vereadora apresentou, pela segunda vez, indicação reivindicando a reativação do centro cirúrgico do Centro de Zoonoses (CCZ) da cidade. Denunciou no seu pronunciamento o local está sucateado e que desde o ano passado o centro cirúrgico está desativado. Ela lembrou durante no seu discurso que visitou o CCZ em 2017 e que a direção do departamento havia prometido solucionar o caso, o que não ocorreu, lamentou.

Apoiada no seu pronunciamento, pelos vereadores Willomaks Fernandes (PRP) e Rogério Nezinho (MDB), Sinielza citou o prefeito Rogério Teófilo e a secretária municipal de saúde da cidade, Aurélia Fernandes, nominalmente e os acusou de serem os responsáveis diretos pelo abandono, cobrando de ambos a reativação.

Animais abandonados

A vereadora tratou de tema antigo do município, referente ao grande número de animais soltos na cidade. Sinielza acusou a Prefeitura de não ter uma política de natalidade para felinos e caninos que, segundo ela, colocam em risco a saúde da comunidade local. A vereadora disse ter procurado a secretária de Saúde por várias vezes cobrando maior atenção ao problema, mas que não foi atendida.

No seu pronunciamento a vereadora afirmou que o Centro de Zoonoses de Arapiraca é usado pela atual gestão como ‘cabide de emprego’ e que ‘nada funciona no local’. “Tudo o que não funciona está ali. O lugar é usado como cabide de emprego. Esse é o retrato da saúde animal que está nas ruas de Arapiraca”, detonou a vereadora.

Ao concluir seu pronunciamento, a parlamentar alertou que o problema é de saúde pública e lembrou que as fezes de cachorros, gatos e outros animais podem trazer sérios problemas para a população. O Parque Ceci Cunha – cartão postal da cidade – foi citado como exemplo de um dos locais onde se encontra dejetos com facilidade e disse ainda que tem sido cobrada pela população para dar solução ao problema.

Por Roberto Gonçalves

Fonte: Cada Minuto

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *