Foto: Luis Costa/ SMCS

Curitiba: Atendimentos clínicos gratuitos de cães e gatos começam pelo Tatuquara

Começam na próxima segunda-feira (31/7) pela Regional Tatuquara os atendimentos veterinários gratuitos de cães e gatos em Curitiba. A ação é um trabalho conjunto da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, e a Universidade Federal do Paraná (UFPR).

As consultas serão feitas, por ordem de chegada, por residentes do curso de Medicina Veterinária da UFPR no castramóvel da Rede de Proteção Animal da Prefeitura. A estrutura ficará na Rua da Cidadania do Tatuquara (Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n) até sexta-feira (3/8), das 9h às 15h, todos os dias.

A prioridade de atendimento será para os animais de famílias que sejam cadastradas em programas sociais. Há limite de 50 atendimentos por dia, com distribuição de senhas na hora.

Serão feitos exames clínicos básicos, vacinação, administração de vermífugos, antipulgas, sarnicidas e cadastro para o Programa Municipal de Castração Gratuita da Prefeitura. “O objetivo é garantir a saúde e o bem-estar dos animais, prevenir zoonoses e promover ações de guarda-responsável”, conta o diretor do Departamento de Pesquisa e Conservação da Fauna, Edson Ferraz Evaristo de Paula.

Proteção levada a sério

Os atendimentos ambulatoriais fazem parte de uma política pública de proteção animal que vem sendo reforçada há pouco mais de um ano pela Prefeitura. Com a divulgação do termo de cooperação para os atendimentos, em junho, durante a programação do Mês do Meio Ambiente, foi anunciada também uma campanha de vacinação gratuita com meta de imunizar cinco mil animais por ano.

Para a secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Dias, trata-se de um grande reforço em um trabalho que já é bastante sólido dentro da administração. “A campanha de vacinação e o atendimento em parceria com a universidade confirmam a política pública consistente na área da proteção animal em Curitiba”, avalia.

No Programa de Castração Gratuita de Cães e Gatos, que completa um ano neste mês de julho, já foram atendidos cerca de 19 mil animais. E já trabalham em parceria com a Prefeitura mais de 1,4 mil protetores de animais, além de Organizações Não-Governamentais e a sociedade civil em ações de promoção do bem-estar e combate aos maus-tratos.

Cronograma

As novas datas e as regionais que receberão o castramóvel e os residentes para os atendimentos clínicos devem ser divulgados em breve.

Fonte: Bem Paraná

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.