Curitiba: Roupinha de frio da vira-lata na Rua XV não é só charme: é também solidariedade – Olhar Animal
Com seu casaco e touca na cabeça, a cadelinha Bandida chama atenção ao desfilar pelo calçadão da Rua XV - Foto: Aniele Nascimento

Curitiba: Roupinha de frio da vira-lata na Rua XV não é só charme: é também solidariedade

Não era só charme que a cadelinha Bandida desfilava com sua touca e casaco terça-feira (5) no calçadão da Rua XV de Novembro, quando foi flagrada pela repórter fotográfica Aniele Nascimento da Gazeta do Povo. O look inverno da vira-lata é na verdade fruto da solidariedade de um grupo de voluntários que domingo (3) doou alimentos e roupas a moradores de rua de Curitiba e seus cães, conforme informou à reportagem nos comentários da matéria de terça no Facebook da Gazeta do Povo a dona de casa Suemir Cornelsen, 58 anos, uma das voluntárias.

Ao todo, o grupo confeccionou 30 roupinhas para os cães, que foram distribuídas no Centro de Curitiba. Os donos dos animais também receberam roupas, cobertores e alimentos.

De acordo com a esteticista Cláudia Aparecida De Ciccio, de 53 anos, as peças foram preparadas por duas costureiras voluntárias. “Elas doaram seu tempo e talento para que esses bichinhos também recebessem a atenção que merecem e não sofressem no frio”, disse.

Outras 50 pessoas também colaboraram com doações aos moradores de ruas e seus cachorros. “Atendemos cerca de 400 moradores de rua com marmitas, sanduíches, garrafas de água e cobertores. Foi muito gratificante”, afirma Cláudia. No entanto, ela adianta que parte do look da cadelinha Bandida não é trabalho do grupo. “Nós conseguimos o casaco, mas o próprio dono dela colocou a touca com muito carinho”, explica, sobre a foto da Gazeta que chamou a atenção nas mídias sociais.

Cerca de 30 animais do Centro de Curitiba recebera as roupas confeccionadas pelos voluntários - Colaboração/Grupo Luz do Caminho
Cerca de 30 animais do Centro de Curitiba recebera as roupas confeccionadas pelos voluntários – Colaboração/Grupo Luz do Caminho

Ação antiga

A ação de domingo faz parte de uma série de atividades comunitárias realizadas pelo grupo nos últimos meses. “Começamos na véspera do ano novo, quando eu estava em casa com uma mesa farta e pensei nas pessoas que não tinham nem pão para comer. Então, chamei um amigo do Pilarzinho e uma amiga do Jardim das Américas para que fizéssemos algo a respeito”, relata Cláudia.

A amiga é justamente a dona de casa Suemir Cornelsen. “Quando a Cláudia me chamou, aceitei imediatamente. Aí montamos 100 sanduíches com queijo e presunto, e saímos cedo distribuindo com suco, frutas e bolachas na Praça Rui Barbosa. Lembro que chorei de emoção naquele dia”, disse.

Foi durante essa distribuição de lanches que o trio percebeu o grande número de cães que acompanham os moradores de rua. “Eles cuidam desses animais com muito carinho. Então fomos comprar ração e continuamos fazendo essa distribuição todos os meses”, afirma Suemir, que postou as primeiras fotos em seu Facebook e conseguiu multiplicar o número de voluntários. “Muita gente viu e decidiu ajudar também. Hoje são mais de 50 pessoas. E nosso grupo de solidariedade já tem até nome: Luz do Caminho”.

Voluntárias do grupo Luz do Caminho preparando a comida que foi doada domingo aos moradores de rua de Curitiba. - Colaboração/Grupo Luz do Caminho
Voluntárias do grupo Luz do Caminho preparando a comida que foi doada domingo aos moradores de rua de Curitiba. – Colaboração/Grupo Luz do Caminho

Como ajudar

A próxima distribuição de agasalhos e comida para os moradores de rua e seus cães está marcada para 17 de junho. O objetivo desta vez é atender 500 pessoas e mais 30 cachorros de grande porte que ficaram sem roupas no último domingo. “Fizemos as peças tamanho G, mas elas ficaram pequenas para os cães de maior porte. Parecia que estavam vestindo babylook”, brinca Suemir.

Mais informações pelo whatsApp (41) 99123-4639 ou pelo telefone (41) 3366-3798.

Fonte: Gazeta do Povo

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.