Deixem-nas viver! Chamada para dar fim à tortura das baleias orca e beluga na Rússia

Deixem-nas viver! Chamada para dar fim à tortura das baleias orca e beluga na Rússia

Criaturas do mar em “Prisão de Baleia” são “apanhadas” sob o gelo em meio ao interesse crescente sobre o destino delas.

Um vídeo mostra uma inspeção do Centro de Adaptação de Mamíferos Marinhos, na baía de Srednyaya, perto de Nakhodka, previamente intitulada de Prisão de Baleia por grupos de defesa dos direitos dos animais.

Mais de 100 mamíferos do mar estão aglomerados em recintos diante da temida e ilegal exportação para a China, condições que o Greenpeace chamou previamente de “tortura”.

Acredita-se que os mamíferos sejam destinados para parques marinhos temáticos na China.

Um dos especialistas trazidos pela equipe da FSB (Serviço Federal de Segurança da Rússia) para a inspeção advertiu que as orcas, baleias assassinas, estão “morrendo”.

Inspeção do FSB no Centre of Marine Mammals Adaptation

Especialistas do Conselho de Mamíferos Marinhos dizem que elas deveriam ser imediatamente libertadas em seus ambientes, de modo que refaçam contato com suas famílias.

Lora Beloivan, presidente do Seals Rescue Centre, próximo à Vladivostok, disse: “A verificação foi organizada pelo departamento de guardas de fronteiras da FSB em Primorsky”.

“Em conjunto com a equipe do FSB, especialistas russos de ponta em ciências biológica, ecológica e veterinária, foram inspecionar o local.”

“No momento da nossa visita, a baía não estava completamente congelada, mas todo o centro de adaptação e a área aquática adjacente estavam cobertas com gelo de diversos centímetros e espessuras.”

“Este é um grande problema para recintos abertos e cobertos, e o “centro de adaptação” para trabalhadores faz esforços tremendos para lutar contra o gelo.”

“Na época de nossa visita, a baía não estava completamente congelada, mas todo o “centro de adaptação” e a área aquática adjacente estavam cobertos de gelo com vários centímetros de espessura.”

“Eles são forçados a utilizar injetores de calor e compressores que aceleram a água, e diariamente removem manualmente o gelo dos recintos.”

Beloivan disse: “Enquanto as baleias beluga puderem viver em um ambiente gelado, é absolutamente impossível para elas habituar-se à constante ruptura e compensação do gelo, tão próximo a elas”.

“Este trabalho gera muita ansiedade, além de ser uma fonte potencial de fortes tensões, a qual foi confirmada quando observamos o comportamento delas.”

“Justo durante a inspeção, 12 pessoas quebravam simultaneamente o gelo e jogavam pedaços sobre a cerca.”

“Os animais naquele recinto passaram visivelmente mais tempo sob a água e se moviam com muito menos atividade do que os outros. “

“Diversos animais têm mudanças visíveis em suas peles”, ela disse.

“A mudança na cor da pele e a descamação em grandes partes não são típicas em orcas.”

Mudança na cor da pele e descamação em áreas grandes não são típicas para Orcas.

“Esse tipo de mudança na pele pode ser resultado da hipotermia”, ela disse.

“Pelo menos seis das 11 baleias orcas têm mudanças visíveis de pele.”

“Muitas das baleias beluga adquiriram pontos escuros estranhos ao redor da parte de trás do pescoço e da cabeça.”

“Outra grande ameaça aos animais é que não existem instalações sanitárias, isto é, nem mesmo esteiras básicas embebidas em desinfetante para impedir a propagação de microrganismos patogênicos.”

Nenhuma das 90 (agora 87) baleias beluga atingiu a puberdade. Todas as 11 Orcas são bebês. – Fotos – Free Russian Whales

A conclusão completa da especialista é prosseguir, mas alertou: “A minha opinião pessoal (e não somente minha) é que as coisas estão realmente ruins. As orcas estão morrendo”.

Atualmente, existem 11 baleias orca, 87 baleias beluga, seis morsas, nove focas barbudas e aproximadamente 50 focas manchadas.

Recentemente três baleias beluga foram declaradas “desaparecidas”.

Nenhuma das 90 (agora 87) belugas alcançaram a puberdade. Treze têm menos de um ano, de acordo com o comitê local de investigação.

Todos as 11 orcas são bebês.

A China é conhecida por ter 60 parques marinhos temáticos e outros 12 em construção.

Tradução de Alan Dalles

Fonte: The Seberian Times

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.