Depois de lhe amputarem as quatro patas, Chi Chi voltou a andar

Cadela tem agora "mais liberdade".

3404
Foto: Robert Q Fugate/Caters News)

Quando Chi Chi, uma cadela de raça golden retriever, foi encontrado no exterior de uma fábrica de carne na Coreia do Sul muitos acharam que jamais voltaria a andar.

O animal estava preso pelas pernas para não fugir, enquanto esperava por ser abatido. Contudo, à ultima hora, a sua carne não foi considerada boa para consumo e foi despejada no lixo dentro de um saco.

Felizmente foi encontrada por um grupo de elementos de uma equipa de resgate de animais que lhe salvou a vida.

As suas quatro patas estavam partidas, motivo pelo qual se achou que a única solução para salvar o animal era amputar-lhe as quatro patas impedindo assim o risco de alguma infeção.

Chi Chi foi entretanto adotada por uma nova família que tem feito de tudo para ajudá-la a andar novamente. Depois de lançar uma campanha de angariação, a dona do animal conseguiu arranjar próteses que se adaptassem à cadela e que finalmente lhe permitiram voltar andar, correr e brincar com outros animais, reporta o Metro UK.

“Ela agora tem muito mais liberdade adora estar rodeada de pessoas”, conta.

Por Andrea Pinto

Mantida a grafia lusitana original.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.