Dezenas de cães e gatos ganham novo lar através de feira de adoção em Caxias, MA

Dezenas de cães e gatos ganham novo lar através de feira de adoção em Caxias, MA

A Feira de Adoção realizada no último domingo (9) pelo Caxias Shopping Center, em parceria com a Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), resultou em 22 animais adotados, entre cães e gatos. O evento contou com a participação de pet shops e clínicas veterinárias da cidade.

Na ocasião, animais abandonados ou que são entregues à UVZ foram disponibilizados para a doação. “Foi só um primeiro momento de tantos outros que vão acontecer. Acredito muito que a sociedade caxiense vai passar a entender melhor a nossa Unidade de Vigilância de Zoonoses, vai também saber que hoje nós somos parceiros e que vamos ter animais de estimação à disposição daqueles que estão necessitando dessa oportunidade de fazer com que os animais possam ter um lar decente, digno”, explica o coordenador da UVZ, Natanael dos Reis.

“Fiz eventos como esse em diversas cidades em shoppings que administrei, mas chamou minha atenção a adesão da família caxiense, gente do bem. O evento já está no calendário da cidade e do shopping, mas principalmente e certamente está no coração do povo bom de Caxias e de toda a região”, ressalta o gerente do Caxias Shopping Center, Hamilton Bernardo.

A programação contou com palestras ministradas por profissionais da UVZ: sobre as doenças mais comuns, pela médica veterinária da UVZ, Sayenne Ferreira; sobre o vetor da leishmaniose, por Sérgio Henrique de Alcantara, do Laboratório de Entomologia; e sobre as ações da equipe de Inquérito Canino, ministrada por Gleydson Negreiros, do Programa Nacional de Controle da Leishmaniose. Além disso, houve panfletagem e orientações sobre o calazar.

A Feira de Adoção tem previsão para acontecer dois domingos por mês. A próxima ação acontecerá no dia 23, das 14h às 18h. Para adotar, o interessado precisa ter mais de 18 anos, levar comprovante de residência e documento de identificação, para preenchimento do termo de doação, afirmando ter condições de cuidar do animal de forma adequada, através do cumprimento do calendário vacinal, fornecimento de cuidados veterinários, carinho e atenção.

Por João Lopes

Fonte: Noca

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.