Domador de animais usados em filmes foi intimado 40 vezes por maus-tratos. Vamos fazê-lo parar!

590
Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

A questão do uso de animais na televisão e no cinema é controversa e, embora existam regulamentos para monitorar seu tratamento no set, os animais ainda são sobrecarregados e forçados a fazer tarefas não naturais tomada após tomada, e o que acontece com eles fora do set não pode ser monitorado ou controlado por cineastas.

Uma petição no Care2 explica que os animais utilizados em filmes como Jogos Vorazes, 12 Anos de Escravidão e Corra! foram alugados de uma empresa chamada Amazing Animals Productions, que era administrada pelo domador de animais Sidney Yost. A vida para os animais sob os cuidados de Yost foi nada menos que um pesadelo, atormentados por maus-tratos físicos com pedras e varas e privados de comida, enquanto forçado a viver na miséria.

Yost foi intimado 40 vezes pelo Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) em apenas três anos por maus-tratos e negligência com os animais sob seus cuidados e, embora tenha sido multado em US$ 30.000 e não poder mais exibir, domar ou alugar animais, o USDA não o fez entregar os animais para santuários… o que significa que eles ainda estão em perigo.

A petição exige que o USDA use a lógica para executar suas ordens: se eles consideraram Yost como um guardião de animais perigoso, então por que estão permitindo que ele os mantenha? Por favor, reserve um momento para assinar a petição e dizer ao USDA para fazer com que Yost entregue os animais para santuários respeitáveis.

E lembre-se de compartilhar esta matéria como um lembrete de que os animais não são nossos para o entretenimento!

ASSINE A PETIÇÃO!

Por Natasha Brooks / Tradução de Ana Carolina Figueiredo

Fonte: One Green Planet

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.