Égua que foi socorrida por alunos não resiste e morre, em Patos, MG

Égua que foi socorrida por alunos não resiste e morre, em Patos de Minas, MG

A égua que foi abandonada totalmente desnutrida e já em estado crítico de fome não resistiu e morreu na tarde desta última terça-feira (09/01).

Ela foi encontrada em um lote ao lado de uma empresa na Rua Arnaldo Luiz Oliveira, no Bairro Bela Vista. Alguns alunos e voluntários começaram uma luta, para que o animal voltasse ao seu peso. Ela foi cuidada no local. Uma equipe do centro de zoonoses também foi ao local e disseram que o animal não iria resistir e que a égua seria sacrificada. Os alunos se juntaram e através de doações conseguiram medicamentos e a ajuda de um médico veterinário que apoiou a todo momento. Ela foi levada para casa de uma pessoa que também acreditava na recuperação da égua.

Na tarde desta terça-feira(09/01) ela não resistiu e morreu, de acordo com a aluna que ajudou. Após ter sido adotada ela foi encaminhada ao CCV (Centro Clínico Veterinário) dois médicos veterinários estavam de plantão para cuidar dela.

A égua ficou em um local onde foi aquecida recebendo todo tratamento e medicação necessária.

Os médicos veterinários Igor e Romero se revezavam no plantão para recuperação do animal. Ontem pela manhã eles conseguiram levantar ela através de um guindaste, deixando ela de pé.

Ela voltou para o soro até a tarde, tomando 42 litros de soro com medicação. Ai ela deitou e começou a defecar e a situação do animal piorou, falecendo a tarde.

Por Aislan Henrique

Fonte: Patos Agora

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.