Elefante é resgatado após sofrer agressões cruéis de tutores

Elefante é resgatado após sofrer agressões cruéis de tutores

Um elefante foi resgatado após sofrer uma agressão cruel de seus tutores em Kerala, na Índia. As imagens foram publicadas pela ONG Voice of Asian Elephants Society (Voz da Sociedade de Elefantes Asiáticos, em tradução livre) e viralizou entre ativistas nas redes sociais, culminando no resgate do animal

Foto: Reprodução/Twitter/VFAES

No vídeo, animal acorrentado é atingido por dois homens com o  bastões. 

Foto: Reprodução/Twitter/VFAES

O animal entra em colapso com as pancadas e isso enfurece ainda mais os tutores.

Foto: Reprodução/Twitter/VFAES

Eles tentam fazer o animal se levantar com as mãos.

Foto: Reprodução/Twitter/VFAES

E quando não conseguem, continuam agredindo o animal.

Foto: Reprodução/Twitter/VFAES

A denuncia funcionou e o elefante foi transferido para o distrito de Palakkad e está sendo monitorado pelo Departamento de Vida Selvagem Local.

Foto: Reprodução/Twitter/VFAES

Ainda não se sabe quais serão ou se existirão as consequências para os antigos tutores do animal.

Foto: Reprodução/Twitter/VFAES

Um elefante, considerado pelos ativistas de direitos dos animais como o mais triste do mundo, morreu aos 47 anos no zoológico de Córdoba, sul da Espanha. As informações são do tabloide britânico Daily Mail.

Foto: Montagem/R7

Flávia passou 43 anos de sua vida no local.

Foto: Reprodução/Facebook/Zoo de Córdoba

Durante esse tempo, ativistas realizaram diversos esforços para devolver o animal a natureza, mas nunca obtiveram sucesso.

Foto: Reprodução/Facebook/Zoo de Córdoba

A saúde de Flavia veio se deteriorando nos últimos meses e acredita-se que ela sofria de depressão.

Foto: Reprodução/Facebook/Zoo de Córdoba

Ela entrou em colapso dentro de sua jaula na última sexta (1) e não conseguia mais se levantar.

Foto: Reprodução/Facebook/Zoo de Córdoba

O zoológico decidiu que a melhor opção era encerrar o sofrimento do animal e aplicou injeções de eutanásia no animal.

Foto: Reprodução/Facebook/Zoo de Córdoba

 

Foto: Reprodução/Facebook/Zoo de Córdoba

Amparo Pernich, diretor de Assuntos Ambientais de Córdoba, afirmou que Flávia era um ícone da cidade e que sua falta será terrivelmente sentida. 

Foto: Reprodução/Facebook/Zoo de Córdoba

Em 2009, um estudo revelou que interações com outros animais da mesma espécie,, são o fator de maior enriquecimento da vida em cárcere de um elefante. Em casos de isolamento, como o de Flávia, os elefantes demonstram sintomas de depressão, em casos extremos chegando a praticar autoflagelação.

Por Caíque Guimarães

Fonte: R7

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.